Profissionais tem capacitação sobre Execução da Vigilância em Saúde
Profissionais tem capacitação sobre Execução da Vigilância em Saúde

CAPINOPOLIS – Ações preventivas, protetoras e de promoção de saúde foram abordadas durante evento promovido em Capinópolis pela GRS – Gerência Regional de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde, ocorrido na última semana no recinto da Câmara Municipal.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Simone Dantas, a capacitação dos profissionais de saúde contou com a presente das equipes de Referencias Técnicas da GRS – Gerência Regional de Saúde – Ituiutaba, com o tema “Execução da vigilância em saúde”.

Continua após a publicidade

O evento foi realizado na Câmara Municipal de Capinópolis
O evento foi realizado na Câmara Municipal de Capinópolis

O projeto tem como objetivo o fortalecimento da Vigilância em Saúde do Estado de Minas Gerais apresenta-se como um movimento de descentralização das ações de prevenção, proteção e promoção de saúde para os municípios, a fim de proporcionar oportunidades de qualidade de vida a todo cidadão mineiro, buscando a consolidação de boas práticas que façam dessa iniciativa uma referência nacional.

Com essa inovação em vista a GRS-Ituiutaba em suas referências técnicas proporcionou aos profissionais da área da saúde dos municípios de  Capinópolis, Ipiaçu e Cachoeira Dourada uma capacitação com a finalidade de orientar sobre o desenvolvimento deste projeto, que será dividido em quadrimestres de trabalho e ao final de todos os quadrimestres esta mesma equipe retorna aos municípios da jurisdição GRS-Ituiutaba para monitoramento e avaliação da execução das ações propostas no projeto que está organizado por área da Vigilância em Saúde e seguindo a mesma sequência do ANEXO III da Resolução SES-MG nº 4.238, de 19 de março de 2014.

São seis pontos de destaque:

  • Promoção da Saúde: Conjunto de intervenções individuais, coletivas e ambientais responsáveis pela atuação sobre os determinantes sociais da saúde.

  • Vigilância Ambiental: A Vigilância Ambiental em Saúde é um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento e a detecção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente e que interferem na saúde humana, com a finalidade de identificar as medidas de prevenção e controle dos fatores de riscos ambientais, relacionados às doenças ou outros agravos à saúde.

  • Vigilância à Saúde do Trabalhador: Visa à promoção da saúde e a redução da morbimortalidade da população trabalhadora, por meio da integração de ações que intervenham nos agravos e seus determinantes decorrentes dos modelos de desenvolvimento e processos produtivos (Portaria GM/MS Nº 3.252/09).

  • Vigilância da Situação de Saúde: vigilância da situação de saúde: desenvolve ações de monitoramento contínuo do País, Estado, Região, Município ou áreas de abrangência de equipes de atenção à saúde, por estudos e análises que identifiquem e expliquem problemas de saúde e o comportamento dos principais indicadores de saúde, contribuindo para um planejamento de saúde mais abrangente.

  • Vigilância Epidemiológica: vigilância e controle das doenças transmissíveis, não transmissíveis e agravos, como um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes da saúde individual e coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças e agravos.

  • Vigilância Sanitária: Vigilância sanitária: conjunto de ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços do interesse da saúde, abrangendo o controle de bens de consumo, que direta ou indiretamente se relacionem com a saúde, compreendidas todas as etapas e processos, da produção ao consumo, e o controle da prestação de serviços que se relacionam direta ou indiretamente com a saúde.


Comments are closed.