Capacitação discute destinação de lixo em Capinópolis

Capacitação discute destinação de lixo em Capinópolis
Capacitação discute destinação de lixo em Capinópolis

CAPINÓPOLIS – Inserido entre os quase 5% dos municípios brasileiros que possui o Plano Municipal de Saneamento Básico, Capinópolis tem trabalhado desde o início de julho na elaboração, formulação e implantação da primeira Cooperativa de Materiais Recicláveis de Capinópolis.

 O assunto foi tema de mais uma reunião realizada na manhã desta quinta-feira na Prefeitura Municipal, sendo coordenada pelo secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, Wolnei Paiva.

 A reunião contou com a presença de representantes dos diversos setores da administração pública, dentre as Secretarias Municipais de Saúde, Assistência Social, Educação, Obras e Planejamento, que buscam em conjunto elaborar um trabalho que possa ter resultado positivo em prol da comunidade num todo.

 “Temos que desenvolver um trabalho em conjunto, melhorando a cada dia o aspecto urbanístico da nossa cidade e isso requer participação ativa da população, principalmente no descarte de lixo”, avalia Wolnei Paiva.

 Esse trabalho faz parte de um Oficina de Capacitação projetada em cinco módulos e tem por objetivo preparar discentes no processo de gerenciamento do lixo gerado acondicionado, coletado, transferido, tratado e finalmente disposto, nos pontos de descarte localizados no município.

 A implantação deste projeto, além de capacitar gerencialmente os servidores, para tratar de limpeza pública e manejo dos resíduos sólidos, que é um dos quatro eixos do saneamento básico, tem o propósito de torna-los agentes de mudança e multiplicadores, atuando em parceria com todos os órgãos públicos e membros da sociedade civil, para trazer ao município um saneamento digno de uma saúde ambiental de qualidade.

 A equipe técnica multidisciplinar é formada pelo secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Wolnei Paiva; administrador em Gestão de Pessoas – Sergio Jorge Silva; biólogo e especialista em Planejamento Ambiental – Terêncio Pinto; e o bioquímico Analista Clínico – Deusdédite Augusto Neto.

 “Esse encontro serviu para tratarmos da geração de resíduos sólidos, onde pudemos enfatizar os aspectos técnicos do processo”, finalizou o secretário Wolnei.

 O evento contou com a presença da secretária municipal de Educação, Iracilda Pereira Duarte, além de coordenadores do Programa Saúde da Família e do Controle de Endemias e Epidemiologia.

Facebook enfrenta instabilidade no sistema e muitos usuários não conseguem se conectar

Câmara Municipal de Ipiaçu apresenta prestação de contas do primeiro trimestre de 2014