massa-falida

CAPINÓPOLIS – A prefeita de Capinópolis, Dinair Isaac recebeu em seu gabinete no início de agosto, o administrador da Massa Falida do Grupo João Lyra, Luiz Henrique Cunha e representantes do grupo, que estiveram acompanhados do ex-Ministro Anderson Adauto.

 Dinair, que já se reuniu com o Ministério Público há alguns meses, tem se mostrado preocupada com o que vem ocorrendo, não só com os produtores rurais prejudicados, como também com os trabalhadores, e a influência negativa que a situação tem trazido para o comércio local, além dos fornecedores que tem muito dinheiro a receber.

 De acordo com o que foi discutido na reunião, a expectativa é de que haja uma negociação para que a Usina Vale do Paranaíba seja repassada a um grupo definido para moagem e produção de açúcar é álcool, minimizando os problemas ora enfrentados pelo setor no município e região.

CCAA Capinópolis

 Além do processo de falência (0000707-30.2008 8.02 0042), o Grupo João Lyra ainda é parte em 276 outras ações judiciais. A grande maioria são ações trabalhistas, na qual trabalhadores cobram indenizações ao grupo. A edição do dia 18 de maio da Gazeta de Alagoas trouxe um Edital de Intimação em falência do grupo empresarial Laginha Agroindustrial S/A, popularizado como Grupo JL, ou Grupo João Lyra, na qual consta o nome de mais de 30 mil pessoas que estão na lista de credores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui