Dois meses após matar esposa em Campina Verde, homem de 34 anos comete suicídio dentro da cela

Homem matou a esposa há cerca de 2 meses e  cometeu suicídio na cadeia
Homem matou a esposa há cerca de 2 meses e cometeu suicídio na cadeia

Dois meses após assassinar a esposa Lilian de Paula Medeiros de Jesus, 34 anos, a tiros em Campina Verde, o autor Odélio Quirino de Jesus, 34, cometeu suicídio dentro da cela onde estava preso.

Odélio, que fugiu após matar a esposa, foi preso no dia 25 de junho e cometeu suicídio na manhã desta sexta-feira (22) por volta de 8h amarrando um barbante artesanal no pescoço e a um registro de água fixado na parede da cela.

De acordo com informações obtidas por um jornal eletrônico de Campina Verde, os agentes faziam vistorias nas celas antes da visitação dos familiares dos presos, como de praxe os presos saem das celas, porém, Odélio se recusou a sair, permanecendo a sós no local momento em que cometeu o ato.

“Foi tudo muito rápido, questão de minutos, ele provavelmente já havia premeditado tudo, tanto é que não quis sair da cela, ele utilizou um barbante de fazer artesanato, deu diversas voltas no cordão para que não arrebentasse, amarrou no registro e pendurou, quem descobriu primeiro foram os presos”, informou uma fonte não identificada pelo Diário do Triângulo.


Dinair Isaac recebe dirigentes da Massa Falida do Grupo João Lyra

Capinópolis pode ter implantação da UAITEC