Carro tenta ultrapassagem proibida e causa acidente com dois mortos na BR-365

Estado de Minas / João Henrique do Vale

Com o impacto da batida, a frente dos dois veículos ficaram totalmente destruídas
Com o impacto da batida, a frente dos dois veículos ficaram totalmente destruídas

O motorista que causou a batida ficou gravemente ferido, assim como a passageira do outro veículo. Ambos foram encaminhados para um hospital de Patos de Minas.

Ultrapassagem em local proibido é a causa apontada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para um acidente que deixou dois mortos e outros dois gravemente feridos na manhã desta segunda-feira. A batida envolveu um carro da Copasa e outro automóvel em cima da ponte sobre o Córregos Vieiras na BR-365, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba.

O trânsito ficou parcialmente fechado na rodovia por aproximadamente cinco horas
O trânsito ficou parcialmente fechado na rodovia por aproximadamente cinco horas

O acidente aconteceu por volta das 9h30. O veículo da Copasa seguia no sentido Patrocínio / Patos de Minas quando bateu de frente com um Gol sobre a ponte. “Testemunhas que seguiam atrás viram o momento em que o motorista tentou fazer uma ultrapassagem proibida e acabou causando o acidente”, explica o agente da PRF, Paulo Rosa. 

Com o impacto da batida, a frente dos dois veículos ficaram totalmente destruídas. No Gol estavam três pessoas. O motorista do veículo e uma mulher que estava no banco de trás morreram na hora. Uma outra passageira ficou presa às ferragens e foi socorrida em estado grave pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Regional da cidade. O condutor do Fiat Uno da Copasa também ficou gravemente ferido e foi encaminhado para o mesmo hospital.

Por causa da batida, a rodovia ficou parcialmente interditada no trecho por cinco horas. Apenas a pista no sentido Patos de Minas / Patrocínio estava liberada para a passagem dos veículos. O congestionamento chegou a cinco quilômetros para cada lado. O trânsito já foi normalizado. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ônibus que transportava estudantes de Capinópolis tem início de incêndio

Benefício para estudantes criado por Aécio só atinge 1% das cidades de MG