Uma carreta carregada com materiais para pintura, altamente inflamáveis, pegou fogo, na tarde deste domingo (14), na rodovia BR-050, próximo a Araguari, no Triângulo Mineiro. A ocorrência registrada perto da Estação Stevensson, no km 49 da estrada, fez com que a rodovia ficasse interditada nos dois sentidos durante mais de uma hora.

A via no sentido Araguari-Uberlândia ficou interditada por este período e, neste momento, o trânsito flui  em meia pista. No sentido contrário, rumo à Araguari, o trânsito continua fechado. O congestionamento neste sentido chegou a cinco quilômetros.

2014-09-14-3239-600x350

Continua após a publicidade

De acordo com o motorista da carreta, Wellington José, o incêndio começou depois que um que um dos pneus estourou e o atrito da roda com o asfalto gerou as primeiras chamas. A carreta seguia de Mauá (SP) para Brasília (DF) e depois Goiânia (GO). Os prejuízos estimados por José chegam a R$ 750 mil entre o valor da carreta e da carga.

2014-09-14-3247-600x350
Carreta ficou completamente destruída. Não houve feridos (Foto: Diogo Machado)

Como o material carregado pelo veículo era altamente inflamável, o fogo se alastrou rapidamente por todo o caminhão. O motorista e outros cinco caminhoneiros tentaram apagar o fogo com extintores de incêndio de seus veículos, mas não conseguiram. O Corpo de Bombeiros foi acionado e, há mais de uma hora, tenta controlar as chamas.

Atualizado 20h05 – Depois de cinco horas de trânsito travado na rodovia BR-050, o trânsito na via foi completamente liberado no sentido Araguari-Uberlândia. Na direção contrária o trafego foi parcialmente liberado.

O motorista da carreta que pegou fogo na BR-050, neste domingo (14), Wellington José, condutor de veículos de carga há mais de dez anos, reclamou da demora para fechar a pista. “Se não fosse a ajuda de outro caminhoneiro, que fez o L na carreta pra evitar que outros veículos passassem perto, tinha acontecido uma tragédia maior”, afirmou. Segundo ele, as latas de tinta chegaram a explodir quando o incêndio tomou conta da carga.

O trabalho do Corpo de Bombeiros durou mais de uma hora. O motorista nada sofreu.

 

 


Comments are closed.