Projeto Olho Vivo começa a ter resultados positivos em Ituiutaba
Projeto Olho Vivo começa a ter resultados positivos em Ituiutaba

ITUIUTABA Há menos de um mês em efetivo funcionamento, o Projeto “Olho Vivo”, que entrou em operação oficial no dia 15 de setembro, já está mostrando resultados positivos na redução da criminalidade em Ituiutaba, pois, recentemente dois homens foram apreendidos acusados de tráfico de drogas no município por conta do sistema.

 

De acordo com informações da Polícia Militar, com a ajuda do videomonitoramento do Projeto “Olho Vivo” foi possível ver a ação suspeita e prender os envolvidos no tráfico.

Continua após a publicidade

 

Segundo informações da PM, com o auxílio das câmeras de segurança, recentemente instaladas em pontos estratégicos, foi possível identificar a atitude suspeita que foi confirmada logo em seguida com a chegada da guarnição, onde foram encontrados 4 tabletes de substância semelhante a maconha que estavam sendo distribuídos a outro elemento que também foi levado à delegacia.

 

A Prefeitura de Ituiutaba pretende investir ainda mais em segurança, a fim de diminuir os índices de criminalidade no município, bem como coibir atos ilícitos que possam vir a ser cometidos por criminosos. “Em breve estaremos instalando mais 16 câmeras e as entradas da cidade e outros setores também serão monitorados”, garante o prefeito de Ituiutaba, Luiz Pedro Corrêa do Carmo.

 

De acordo com o comandante da PM, Major Fernando Fialho, em reunião com o prefeito, nos últimos dias as câmeras flagraram o momento em que aconteceu o furto de uma motocicleta, e isso facilita a ação das polícias em termos de prisão de infratores e provas criminais contra o mesmo.

 

Durante a cerimônia que marcou o início das atividades do Projeto “Olho Vivo”, o Capitão Michel foi categórico em afirmar que, com o trabalho da equipe do 54º Batalhão da PM, os números de diminuição da criminalidade em Ituiutaba ficado dentro de um patamar satisfatório, e agora com o monitoramento da área comercial, onde estão localizados as agências bancárias e casas lotéricas, esse índice tende a cair ainda mais.


Comments are closed.