IMG-20141009-WA0000
Vereador envia ofícios à Algar Telecom cobrando mais qualidade no serviço de telefonia em Capinópolis

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – O vereador Cleidimar Zanotto enviou ofícios à Algar Telecom cobrando mais qualidade na prestação de serviço de telecomunicações em Capinópolis.

A Algar Telecom, substituta da marca CTBC, detém um expressiva parcela de usuários de serviços de telefonia móvel, internet 3G e banda larga adsl que é atrelada ao plano de telefonia fixa em Capinópolis e uma possível sobrecarga pode estar causando os transtornos que afetam todos os serviços da empresa no município.

O estudante Douglas Antônio Moura, 20, que é usuário do serviço de telefonia móvel da Algar, alegou que é quase impossível falar ao celular por volta das 18h, quando há um pico de usuários – “É difícil falar ao celular e em muitos casos o celular está ligado e a chamada acaba caindo na caixa de mensagem”, afirmou o estudante.

Continua após a publicidade

Segundo usuários do serviço de Internet móvel, navegar na rede 3G, que fornece conexões de até 1MB, no período da tarde é uma tarefa quase impossível e a melhor forma de conectar é utilizando a rede 2G,  lembrando os tempos da internet discada.

Em 2012, após inúmeras reclamações, a empresa instalou uma torre no bairro Alvorada para atender a parte alta da cidade, mas  a torre não transmite o sinal 3G e o 2G ainda é deficiente, causando falhas, interrupções e falta de qualidade nas chamadas.

Um dos ofícios, de um total de três, enviados pelo vereador Cleidimar Zanotto à Algar, menciona o serviço de telefonia móvel e uma reunião aconteceu na última quinta-feira (9) entre técnicos da empresa, onde a Algar anunciou um investimento de cerca de R$ 125 Mil para melhorar a qualidade do sinal na área central da cidade.

Participaram da reunião o vereador Cleidimar, o coordenador regional da Algar, Ricardo Nogueira de Moraes, os técnicos Hudson e Júnior. O vereador ainda colocou em pauta o ofício em que sugeri que a empresa de telefonia desenvolva um projeto social em Capinópolis.

Um outro ponto abordado na reunião foi a qualidade da prestação de serviço de telecomunicação na zona rural nas localidades próximas à usina sucroalcooleira Vale do Paranaíba, onde a empresa instalou uma torre de telefonia, mas atualmente encontra-se inativa por falta de energia elétrica. A usina, que pertence ao grupo falido do deputado federal João Lyra, havia firmado parceria com a Algar para instalação da torre de telefonia devido aos inúmeros colaboradores que utilizavam o serviço de telefonia móvel antes das demissões em massa.

Empresas concorrentes já perceberam a deficiência da prestação de serviços da Algar e investem na captação de novos clientes. As operadores Vivo e Claro já operam com sinal 3G Plus e 3G Max desde 2011 e já contam com vários usuários que fizeram a portabilidade numérica vindos da Algar Telecom.

Muitos clientes da empresa ainda relutam em mudar de operadora de telefonia devido à algumas vantagens oferecidas pela Algar, como chamadas ao preço de R$ 0,20 por tempo ilimitado e o bom atendimento via call center, o mesmo não acontece com a operadora Vivo, por exemplo, que pratica preços altos e ainda conta com um atendimento demorado e ineficiente via call center.

 “Solicitei que a Algar verifique as constantes interrupções no ato das ligações e  também melhoria no sinal no bairro Alvorada, I,II e II, bairro Brasília, Portal dos Ipês. O cidadão tem o direito à serviços de maior qualidade e tenho a certeza de que a Algar Telecom fará os investimentos necessários para melhoria dos serviços prestados”, disse o vereador Cleidimar Zanotto.

 CLIQUE PARA BAIXAR OS OFICIOS


Comments are closed.