Maria Genezi de Oliveira, 44 anos, mais conhecida como “Tinézia”
Maria Genezi de Oliveira, 44 anos, mais conhecida como “Tinézia”

Na noite da última quinta-feira (23), por volta das 20h30m, A Polícia Militar (PM) apreendeu 32 (trintas e duas) pedras de substância amarelada semelhante ao crack embaladas prontas para comércio. A PM apreendeu ainda uma porção desta mesma substância, a qual ao ser pesada resultou em aproximadamente 20 gramas que após fracionadas originariam aproximadamente 60 pedras do mesmo entorpecente.

A droga foi encontrada em uma residência na rua 106, no setor Primitivo da cidade e a operação culminou na prisão de Maria Genezi de Oliveira, 44 anos, mais conhecida como “Tinézia” – a “Dama do crack” por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas.

A quantidade de droga apreendida renderia, após seu comércio, aproximadamente R$ 400,00 (quatrocentos reais) e segundo informações, esta quantidade era comercializada em um único dia.

Continua após a publicidade

No local, a PM encontrou e apreendeu um simulacro de arma de fogo, possivelmente utilizado para a prática de crimes; certa quantia em dinheiro; uma motocicleta com emplacamento clonado; aparelhagem sonora e outros materiais de procedência desconhecida.

O local já era acompanhado pela PM há muito tempo e haviam inúmeras denúncias do comércio de drogas naquele ambiente. Porém, nesta data, a PM obteve êxito em fechar mais uma boca de fumo no setor primitivo.

A mulher suspeita já havia sido presa por tráfico de drogas em 2013. Diante da autoria e materialidade foi dada voz de prisão em

flagrante delito a autora pelo crime de tráfico de drogas.

Um homem de 31 anos, identificado como Douglas José de Araújo foi detido por posse ilegal de drogas, mas foi liberado pela polícia.

Em seguida, a autora e os materiais apreendidos foram encaminhados para a delegacia de plantão em Ituiutaba onde ela teve sua prisão ratificada pela autoridade policial e encontra-se presa na Cadeia Pública de Capinópolis.

[doptg id=87]