Grave acidente é registrado na Br-365 entre o posto Trevão e Ituiutaba

[doptg id=105]

ATUALIZADO em 23/01/2015

ITUIUTABA, TRIÂNGULO MINEIRO – Um grave acidente foi registrado no início da noite desta quinta-feira (18) na Br-365 entre o posto Trevão e a cidade de Ituiutaba. Chovia muito no momento do acidente que ocorreu sob uma ponte e segundo informações, um caminhão guincho tentou uma ultrapassagem perigosa e um condutor de um caminhão baú de uma empresa de alimentos jogou o caminhão no acostamento para evitar a colisão, mas acabou perdendo o controle e caindo na ribanceira, e o veículo acabou sendo tomado pelas chamas.

Dois veículos, um Chevrolet Astra preto e um VW Polo prata, que faziam o trajeto Ituiutaba/Uberlândia reduziram a velocidade e instantes depois, os dois veículos foram atingidos por um caminhão boiadeiro na traseira. O Chevrolet Astra Preto foi jogado na ribanceira sem ocupantes, uma pessoa que estava no VW Polo ficou preso às ferragens e foi socorrido e encaminhado ao pronto atendimento de Ituiutaba.

A mãe do jovem de 15 anos que ficou preso às ferragens, enviou um relato ao Tudo Em dia “… nós 5 ocupantes do POLO, sendo 2 adolescentes de 17 e um de 15 anos estávamos de vagar pois chovia muito e NÃO PARAMOS BRUSCAMENTE e o Astra estava atrás,assim afirmo que ao visualizar a batida do guincho que estava fazendo ultrapassagem veio a bater no baú que tentou tirar e veio ser colidido e tombou e foi se arrastando até cair ribanceira abaixo e pegou fogo a distância era de uns 300 mts e com apenas 2 carros na nossa frente meu esposo Adilson da Silva foi reduzindo para parar no acostamento (olhar que na foto mostra o caminhão no início da ponte e que tem um acostamento antes dela) quando sentimos a colisão que pegou de cheio o lado direito da traseira de nosso carro… antes de bater em nós o caminhão bateu em outro carro (Astra) no qual a moça que dirigia parou no meio da pista e saiu correndo, o carro dela foi lançado para dentro do córrego pra depois vir bater em nós (o carro dela tem tinta do caminhão o nosso não pois praticamente a tinta já havia grudado no Astra) e que nos percorrer mais de 250 metros a frente onde paramos na contra mão e nenhum outro carro bateu na gente, (o que poderia ter sido pior ter caído também) apenas ESTE caminhão de boi que com certeza não vinha devagar ou até mesmo desengatado pois era descida… E NÃO HOUVE ENGAVETAMENTO porque SÓ o caminhão que BATEU ATRÁS sendo assim, SE TIVESSE A UMA DISTÂNCIA E COM VELOCIDADE DE SEGURANÇA IGUAL A TODOS OS DEMAIS NÃO TERIA ACONTECIDO ESTA FATALIDADE, lógico que este relato deve ter sido deste motorista abençoado que vai por a culpa nos carros pequenos… então fica aqui meu desabafo que se fosse verdade, haveria outros veículos envolvidos NESTE ENGAVETAMENTO QUE NÃO EXISTIU, pois UM VEÍCULO (caminhão de boi) que bateu em dois carros, fica a pergunta: pela proporção do acidente do guincho e o baú era pra ter mais envolvidos, mas pela CULPA da imprudência destes DOIS MOTORISTAS (guincho e boiadeiro, q bateu em nós) custou a vida de duas pessoas… e uma delas meu filho Jeferson Franco que ficou preso as ferragens, os DEMAIS OCUPANTES que SEGUNDO A REPORTAGEM DIZ QUE TIVEMOS FERIMENTOS LEVES a exemplo de minha nora que desmaiou com traumatismo que teve alta ontem ( 4 dias depois) e corre risco até hj além de sua perca de memória, meu marido esta internado até hj (5 dias) com problemas na coluna, não anda e nem senta e teve seu rim afetado, eu com apenas 18 pontos na cabeça (fora outros problemas da pancada 6 costelas quebradas), único que nada sofreu foi meu filho mais velho “físico”, pois ele quem tentava sugar o sangue do nariz e da boca do irmão enquanto agonizava sufocado pelo seu próprio sangue)… achei um absurdo, pq PUBLICAM SEM ANTES AVERIGUAR, pois a vítima foi nossa família e NGM VEIO PERGUNTAR NADA, reportagem seja lá o que for… por isso compartilho a verdade, vou chocar muitos com meu relato, mas lembro que prestar depoimento falso é crime, estou aqui para que seja esclarecido e se o motorista ler e achar ruim que venha tomar suas dores comigo e me ache pelo BO da PF ou pelo meu perfil no qual posto esta revolta, não devo e não temo… só quero a que todos saibam e tirem suas conclusões, mas o fato é que morreu um inocente de 15 anos e o motorista do baú que com certeza era um pai de família”, afirmou.

O motorista do Chevrolet Astra não teve ferimentos. O caminhão boiadeiro pode ter tido problemas com aquaplanagem, já que o local próximo à ponte é plano.

O trânsito no local ficou lento nos dois sentidos da pista.

3 Comments

comente e responda
  1. Nesse mesmo trecho, eu passei por isso, quase foi um acidente,se eu não jogasse meu carro para fora da estrada,tenho certeza que não estaria aqui uma hr dessas. Fico Triste pelo Fato ocorrido!
    Infelizmente é a imprudência dos outros, mais uma vez fazendo vitimas…
    É muito triste saber que, por conta de uns imprudentes, 2 pessoas tenha perdido a vida. Um com certeza, Pai de família, que perdeu a vida nessas malditas estradas brasileira, ganhando pouco e trabalhando muito pra dar o sustento de sua casa e família. E esse pobre garoto, que com certeza tinha toda uma vida pela frente para estudar e ser alguém a mais nessa nossa sociedade medíocre.
    Há vc Mãe “HELLEN FABIANE” meus sinceros pêsames, sei que palavras não trará seu filho. Mas tenho certeza que onde ele estiver, este anjo que se foi, e deixou todos vocês aqui na terra, estará sempre olhando por você e sua família. Que Deus possa sempre está ao lado de sua família, e de todos nós, para nunca nos desamparar. Que a senhora e sua família possa sempre ficar na paz de cristo 🙂 🙂

  2. Quem faleceu foi meu filho, Jeferson e o motorista que bateu em nosso carro disse que paramos bruscamente sem sinalizar e que deu aquaplanagem em seu caminhão por isso não conseguiu parar…mas o que aconteceu: Desabafo e indignação: nós 5 ocupantes do POLO, sendo 2 adolescentes de 17 e um de 15 anos estávamos de vagar pois chovia muito e NÃO PARAMOS BRUSCAMENTE e o Astra estava atrás,assim afirmo que ao visualizar a batida do guincho que estava fazendo ultrapassagem veio a bater no baú que tentou tirar e veio ser colidido e tombou e foi se arrastando até cair ribanceira abaixo e pegou fogo a distância era de uns 300 mts e com apenas 2 carros na nossa frente meu esposo Adilson da Silva foi reduzindo para parar no acostamento (olhar que na foto mostra o caminhão no início da ponte e que tem um acostamento antes dela) quando sentimos a colisão que pegou de cheio o lado direito da traseira de nosso carro… antes de bater em nós o caminhão bateu em outro carro (Astra) no qual a moça que dirigia parou no meio da pista e saiu correndo, o carro dela foi lançado para dentro do córrego pra depois vir bater em nós (o carro dela tem tinta do caminhão o nosso não pois praticamente a tinta já havia grudado no Astra) e que nos percorrer mais de 250 metros a frente onde paramos na contra mão e nenhum outro carro bateu na gente, (o que poderia ter sido pior ter caído também) apenas ESTE caminhão de boi que com certeza não vinha devagar ou até mesmo desengatado pois era descida… E NÃO HOUVE ENGAVETAMENTO porque SÓ o caminhão que BATEU ATRÁS sendo assim, SE TIVESSE A UMA DISTÂNCIA E COM VELOCIDADE DE SEGURANÇA IGUAL A TODOS OS DEMAIS NÃO TERIA ACONTECIDO ESTA FATALIDADE, lógico que este relato deve ter sido deste motorista abençoado que vai por a culpa nos carros pequenos… então fica aqui meu desabafo que se fosse verdade, haveria outros veículos envolvidos NESTE ENGAVETAMENTO QUE NÃO EXISTIU, pois UM VEÍCULO (caminhão de boi) que bateu em dois carros, fica a pergunta: pela proporção do acidente do guincho e o baú era pra ter mais envolvidos, mas pela CULPA da imprudência destes DOIS MOTORISTAS (guincho e boiadeiro, q bateu em nós) custou a vida de duas pessoas… e uma delas meu filho Jeferson Franco que ficou preso as ferragens, os DEMAIS OCUPANTES que SEGUNDO A REPORTAGEM DIZ QUE TIVEMOS FERIMENTOS LEVES a exemplo de minha nora que desmaiou com traumatismo que teve alta ontem ( 4 dias depois) e corre risco até hj além de sua perca de memória, meu marido esta internado até hj (5 dias) com problemas na coluna, não anda e nem senta e teve seu rim afetado, eu com apenas 18 pontos na cabeça (fora outros problemas da pancada 6 costelas quebradas), único que nada sofreu foi meu filho mais velho “físico”, pois ele quem tentava sugar o sangue do nariz e da boca do irmão enquanto agonizava sufocado pelo seu próprio sangue)… achei um absurdo, pq PUBLICAM SEM ANTES AVERIGUAR, pois a vítima foi nossa família e NGM VEIO PERGUNTAR NADA, reportagem seja lá o que for… por isso compartilho a verdade, vou chocar muitos com meu relato, mas lembro que prestar depoimento falso é crime, estou aqui para que seja esclarecido e se o motorista ler e achar ruim que venha tomar suas dores comigo e me ache pelo BO da PF ou pelo meu perfil no qual posto esta revolta, não devo e não temo… só quero a que todos saibam e tirem suas conclusões, mas o fato é que morreu um inocente de 15 anos e o motorista do baú que com certeza era um pai de família. (qdo me referi a reportagem foi ao Pontal em foco de Ituiutaba que preferiu tirar o link do sistema do que se retrar) .

  3. Sou o irmão da vítima e quero dizer umas palavras.
    Como um caminhão de boi poderia ter problemas com aquaplanagem, sendo que outros carros atrás nao tiveram nenhum problema ? Sabe a quantidade de agua necessaria para aquoplanar um caminhao ? No momento do acidente, minha familia e eu estavamos na descida. O acidente ocorreu antes da ponte, e nao na ponte. Eu quero que o dono do caminhao de boi seja homem e venha falar com minha família, já que o covarde nao prestou socorro e se evadiu do local. Dar entrevista as cegas é facil, facil… Quero ver encarar a familia cujo um ente foi morto por esse caminhoneiro. Sou irmao do garoto que morreu, e garanto que o caminhoneiro vai pagar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CIDES assina contrato com empresa que irá administrar os ativos da iluminação pública na região

Procuradoria eleitoral pede cassação do governador eleito Pimentel