Número de mortos nas estradas chega a 32 no feriado de Natal

[doptg id=109]

Pelo menos quatro pessoas morreram em acidentes ocorridos em estradas de Minas Gerais nesta quinta-feira (25) de Natal. A contagem feita pelo jornal da capital mineira O TEMPO indica que pelo menos 32 pessoas já morreram nas estradas desde o início do feriadão. O último deles foi registrado nesta manhã na BR-116, próximo à cidade de Laranjal, na Zona da Mata, e deixou duas pessoas mortas e quatro feridas.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu na altura do quilômetro 734 da rodovia. Um Fiat Uno com placa do Rio de Janeiro seguia em sua mão quando a pista foi invadida por um Chevrolet Corsa que o atingiu de frente.

O condutor do Uno, que não foi identificado, morreu na hora, assim como a passageira, de 26 anos, que viajava no banco de trás. Ainda segundo a corporação, possivelmente a mulher, estaria sem o cinto de segurança na hora da batida, devido à gravidade dos ferimentos.

Um terceiro passageiro do Uno, que estava no banco dianteiro, e os outras três pessoas que estava no veículo que teria provocado o acidente sofreram ferimentos. Os feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Leopoldina e Laranjal, uma ambulância do Hospital de Laranjal, e pelo Corpo de Bombeiros de Muriaé.

Ainda segundo a PRF,  uma das vítimas foram levadas para o Hospital de Leopoldina e as demais para o Hospital São Paulo, em Muriaé. O motorista que teria provocado o acidente afirma que não se lembra do que aconteceu, mas a suspeita da corporação é de que ele tenha cochilado ao volante.

Outros

Uma outra pessoa morreu em um acidente, desta vez na MG-456, em Varginha, no Sul do Estado. A vítima, de 37 anos, saiu de um sítio na noite de quarta-feira (24) e não chegou ao seu destino. Nesta manhã, testemunhas localizaram o Fiat Palio da vítima batido em um barranco na altura do km 4.

Segundo a corporação, a vítima seguia em direção ao município de Lambari, também no Sul do Estado. Ainda não há informações sobre o que poderia ter provocado a saída do veículo acidentado da pista. Na hora do acidente o tempo estava nublado, mas não chovia. O trânsito não foi prejudicado na região.

Ainda na madrugada desta quinta-feira, um motociclista que não teve o nome divulgado morreu após colidir na traseira de um caminhão no Anel Rodoviário, na altura do bairro Nazaré, na região Nordeste. A passageira da motocicleta também ficou ferida. Ainda segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o motociclista seguia pela rodovia no sentido Rio de Janeiro quando atingiu o veículo que estava parado no acostamento.

Outras quatro pessoas ficaram feridas na tarde deste Natal após um carro capotar na MG-424, em São José da Lapa, na região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas, de 29, 17 e duas crianças de 9 anos, foram socorridas ao Hospital Risoleta Neves, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. Nenhum deles corre risco de morte.

Mais cedo, ainda na madrugada desta quinta-feira, um homem capotou um Renault Clio na BR-356, próximo ao Ponteio Lar Shopping, no sentido à avenida Nossa Senhora do Carmo. O condutor, que não foi identificado, não sofreu ferimentos.

O Tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Monge mumificado há 200 anos ‘não está morto’, defendem budistas

Vereadores buscam revitalização da CEPET em Capinópolis