Vale do Paranaíba
Vale do Paranaíba

CAPINÓPOLIS – Prefeitos da região do Pontal estarão em Maceió (AL) no próximo dia 15 de Janeiro de 2015, onde acompanham mais um capítulo quanto ás ações junto ao Grupo João Lyra, que atinge em cheio à região com o fechamento de duas Usinas, a Vale do Paranaíba em Capinópolis, e a Triálcool, em Canápolis.

 O grupo viaja sob a liderança do prefeito de Canápolis, Diógenes Roberto, tendo também a prefeita de Capinópolis, Dinair Isaac, municípios mais atingidos com o fechamento das Usinas, além da presença na comitiva dos prefeitos de Cacheira Dourada de Minas, José Márcio, de Ipiaçu, Léo da Rádio, além do secretário municipal de Governo de Ituiutaba, Leonardo Altef, que viaja a pedido do prefeito Luiz Pedro para reforçar a reivindicação regional.

 “Estive no sábado na Usina, além de visitar algumas regiões produtoras de cana naquela região e é lamentável ver aquela situação de abandono, ainda mais sabendo que existem grupos fortes querendo assumir as Usinas e voltar a moer cana”, revela o prefeito de Canápolis, Diógenes Roberto.

Continua após a publicidade

 De acordo com a imprensa de Alagoas, em novembro do ano passado, a Justiça apresentou a avaliação dos bens, sendo que os bens da massa falida da Laginha Agroindustrial S/A foram avaliados, por empresa especializada, contratada pelos administradores judiciais, em pouco mais de R$ 1,9 bilhão. O próximo passo, agora, será colocar os bens à venda.

Usina Triálcool
Usina Triálcool

 Segundo informações publicadas na internet, as Usinas da nossa região tiveram a seguinte avaliação: Usina Triálcool – Valor Global sem Cana R$ 227,7 milhões (Área Total das Fazendas e Usina – 8.197,95 há, Área Cultivável – 4.364,10 há. Usina – Produção – 1.800.000 t/ safra); e Usina Vale de Paranaíba – Valor Global sem Cana R$ 211,2 milhões (Área Total das Fazendas e Usina – 3.228,8775 ha. Área Cultivável – 1.744,50 há. Usina – Produção – 1.700.000 t/ safra).

 “Não é somente o valor econômico que as Usinas representam para a região, mas o seu fechamento provocou o desemprego para centenas de famílias, que estão nos municípios da região aguardando um desfecho para essa verdadeira novela”, comentou a prefeita de Capinópolis, Dinair Isaac.

 Também fazem parte da comitiva que participam da audiência em Coruripe, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, José Divino, o presidente da Câmara de Canápolis, Marcio de Souza e o vereador de Canápolis, Gilmar Natal.


Comments are closed.