ITUIUTABA Pneus e vasilhas plásticas juntos somam mais de 50% dos locais onde se formam os criadouros do mosquito transmissor da dengue nas residências, o que provou mais uma vez um índice preocupante de larvas do Aedes aegypti, de acordo com o 1º LIRAa feito entre os dias 5 e 9 de janeiro pela equipe de Vigilância Ambiental em Saúde.

 

Continua após a publicidade

Até mesmo as construtoras responsáveis pelas obras em novos residenciais, que ainda não foram entregues e não estão habitados, contribuíram para o aumento desse índice que, se comparado ao mesmo período desde 2010, só perde para o registrado em 2012.

 

Moradores dos bairros Elândia, Mirim, Alvorada, Morada do Sol, Jardim Europa, Ipiranga e Natal apresentaram índices assustadores, o que mostra a realidade do descaso por parte de muitos moradores, visto que mais de 90% dos criadouros são encontrados nas próprias residências.

Indice LIRAa Janeiro - Comparativo Anual

Veja a lista dos bairros onde o risco de dengue é alto:

 

BAIRROÍNDICE DE RESIDÊNCIAS PESQUISADAS COM LARVAS
Setor Industrial100,00%
Residencial Dr Marcondes100,00%
Elândia100,00%
Mirim70,00%
Alvorada58,33%
Morada do Sol50,00%
Jardim Europa33,33%
Ipiranga31,81%
Natal29,16%
Universitário24,56%
Bela Vista22,22%
Maria Vilela20,00%
Platina20,00%
Marta Helena20,00%
Centro19,87%
Lagoa Azul I19,35%
Independência19,29%
Jerônimo Mendonça17,85%
Junqueira17,33%
Jardim Jamila16,66%
Camargo16,66%
Pirapitinga16,07%
Santa Maria14,28%
Residencial Drummond12,50%
Lagoa Azul II12,50%
Residencial Canaã11,76%
São José11,11%

 

Segundo o coordenador da Vigilância Ambiental em Saúde, Antônio Carlos, os locais onde foram encontrados larvas são praticamente os mesmos: pneu, vaso sanitário, plástico, caixa de gordura, caixa de descarga, caixa de passagem, bebedouro de animais, ralo, armário, prato de planta, lata de tinta, calha, lona, bromélias, planta aquática, tapete de carro, pedaço de carro, piscina, raiz de árvore, comedor de galinheiro, tijolinho, garrafa de cerveja, panela, saco plástico, caixa de isopor e ralo da pia.

 


Comments are closed.