[doptg id=114]

A Polícia Militar (PM) lançou o projeto “FIQUE VIVO” com o objetivo de reduzir os índices de homicídio no município. Para isso ocorrências rotineiras de violência doméstica, acobertadas pela lei “Maria da Penha”, ameaças, brigas entre vizinhos e também aquelas relacionados ao tráfico de drogas serão acompanhadas por duas equipes de policiais de forma a prevenir a ocorrência de crimes contra a vida.

Esses policiais farão visitas periódicas a fim de sanar conflitos entre possíveis autores e vítimas de crimes contra a vida com enfoque no homicídio.

Continua após a publicidade

Com o objetivo de divulgar o projeto à comunidade capinopolense, ocorreu nesta quarta-feira (21), na Câmara Municipal de Capinópolis, apresentação do projeto aos vários segmentos da comunidade. O evento teve a participação de várias autoridades como: Juiz de Direito da Comarca, da prefeita de Capinópolis, Dinair Isaac, do Vice-Prefeito Jorginho, vereadores Jean Carlos e Joãozinho do Sabé, a secretária de Educação Iracilda Duarte e a secretária de saúde Simone Dantas. Vários  representantes de instituições da comarca estiveram presente, entre eles, Conselho Tutelar, Associação Comercial, Maçonaria, Rotary, Igrejas evangélicas, Ordem dos Advogados do Brasil, Assistência Social do Município de Capinópolis, Diretores de Escolas Estaduais.

A apresentação do projeto foi feita pelo Sub-tenente Reginaldo, que demonstrou o papel de cada um destes órgãos no contexto da segurança pública local, evidenciando cada vez mais a importância da Polícia Comunitária, a qual interage com todos os órgãos da comunidade para a resolução de conflitos e problemas que resultarão na promoção da paz social.

O juiz da comarca de Capinópolis, Thales Cazonato, falou aos presentes, seguido pelo pastor Ivan Barreto, prefeita Dinair Isaac e vice-prefeito Jorginho.

No último ano, o índice de criminalidade aumentou em toda a região do Pontal do Triângulo, e em Capinópolis, o trabalho da PM e da Polícia Civil foi fundamental o combate e prevenção.


Comments are closed.