in

Meliante conhecido como “Feijão” volta a praticar roubos em Capinópolis

Material apreendido pela PM
Material apreendido pela PM

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Um homem conhecido no meio policial é suspeito de cometer furto em uma residência no bairro Brasília na última quarta-feira (11). Humberto José da Silva, conhecido como “Feijão” teria arrombado a janela de uma residência e subtraído alguns produtos.

Segundo informações da vítima, ela teria se ausentado de casa por cerca de uma hora e ao retornar, teria percebido as janelas e cadeados arrombados. Ainda de acordo com a vítima, alguns “cordões” de ouro, um perfume importado, um vídeo game e celulares foram levados pelo criminoso.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e de posse de informações preliminares, o nome do suspeito foi evidenciado. A PM se deslocou até a residência do suspeito e a entrada dos militares foi permitida pelo proprietário da casa onde o suspeito também reside e após buscas em um quarto, foi constatada a presença de uma câmera digital e de outros produtos sem origem comprovada.

Ao retornarem à residência da vítima, foi constatada a falta de uma câmera digital com as mesmas características da encontra com o suspeito. Os militares voltaram à casa de “Feijão” e o mesmo havia saído rumo ao trevo da cidade, sendo encontrado em via pública instantes depois. Ao retornarem ao quarto do suspeito, a câmera estava envolvida em um cobertor dentro de um guarda-roupas.

Diante dos fatos, o homem foi encaminhado à delegacia de Ituiutaba e encontra-se preso na cadeia pública de Capinópolis. Além da câmera digital, uma “potência” de som automotiva que estava sob posse do suspeito também foi apreendida.

Alguns produtos subtraídos já teriam sido negociados com receptadores, que também serão responsabilizados pelo crime. Populares ainda relataram à PM a intenção de fazer justiça com as próprias mãos.

Recentemente “Feijão” foi preso após ser apontado como suspeito de roubar um veículo, também no bairro Brasília. O autor tem aterrorizado a vizinhança do bairro Brasília, onde reside, pela suspeita de cometer constantes furtos.