Pedofilia: Homem de 49 anos é preso em Piracanjuba por assediar menores, de 12 e 14

Jovair Moreira de Oliveira / Foto: Polícia Civil Goiás
Jovair Moreira de Oliveira / Foto: Polícia Civil Goiás

A Polícia Civil de Piracanjuba prendeu, no dia 22 de fevereiro, Jovair Moreira de Oliveira, de 49 anos. Natural de Piracanjuba, mas residente em Goiânia, ele é suspeito de crime de pedofilia e foi preso na cidade do sul do Estado, após marcar encontros com duas vítimas, menores de idade.

Segundo o delegado Vicente de Paulo, o suspeito trocava mensagem com as meninas, além de fotos de nudez e conteúdo pornográfico. De posse das imagens, Jovair teria passado a ameaçar as vítimas de divulgar as fotos para terceiros. De acordo com a investigação, ele chegou a compartilhar o conteúdo.

Jovair conquistava a confiança das adolescentes, com idade entre 12 e 14 anos, para as quais prometia “uma vida melhor” e, em alguns casos, chegou a se apresentar como outra pessoa, mais jovem. O homem vinha sendo monitorado e teve o celular apreendido. No aparelho, foram achadas mais de 200 imagens de teor erótico ou pornográfico.

Jovair utilizava as fotos enviadas pelas próprias vítimas para cobrar novas imagens ou exigir a prática de atos libidinosos. Preso, ele confessou o delito e nada aduziu em sua defesa. Segundo o delegado, casos de pedofilia têm sido comuns na cidade. Caso condenado, o indiciado poderá ser apenado em até 18 anos de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Jornal Tudo em Dia prepara estréia de jornalismo no rádio para Março

PM de Capinópolis apreende arma com menor que fazia apologia ao uso de drogas em rede social