Prefeituras podem ter queda de até 30% em alguns repasses do Governo

Prefeituras podem ter queda de até 30% em alguns repasses do Governo
Prefeituras podem ter queda de até 30% em alguns repasses do Governo

CAPINÓPOLIS – O cenário não é nada positivo para os municípios em 2015 e quem pagar salários em dia, já estará se saindo bem, afirmou o consultor da Confederação Nacional de Municípios, na última terça-feira, 3, em evento que contou com a presença da prefeita de Capinópolis, Dinair Isaac.

 O evento foi promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) neste dia 3 de março, nos municípios mineiros de Uberaba, Três Marias, Pouso Alegre e Uberlândia, cuja parceria foi com a AMVAP – Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba. Os eventos têm como objetivo discutir as perspectivas do Movimento Municipalista para 2015.

(Esq) Prefeito de Canápolis, Diógenes e o prefeito de Ipiaçu, Léo da Rádio
(Esq) Prefeito de Canápolis, Diógenes e o prefeito de Ipiaçu, Léo da Rádio

 “Pagar o salário dos servidores em dia é uma obrigação, e desde o meu primeiro mês de mandato em 2009, sempre pagamos dentro do mês trabalhado, enfrentando a crise na época e recebendo uma enorme dívida deixada pelos prefeitos anteriores”, comentou a prefeita Dinair Isaac.

 Representando a Confederação Nacional de Municípios, Ângelo Roncalli, explanou sobre o momento vivido pelo País, e das dificuldades que ainda serão maiores nos próximos meses, para os administradores públicos, principalmente, no distanciamento entre a necessidade do cidadão, e a realidade do comprometimento do Governo com o repasse de recursos.

Queda no repasse preocupa municípios
Queda no repasse preocupa municípios

 “É um momento de crise em que muitas demandas e cobranças recaem sobre os municípios. Existem projetos do Governo Federal que precisam de uma contrapartida muito grande por parte das prefeituras. Então, é importante que estes gestores locais compreendam este período de crise e procurem unir forças na busca por mudanças”, disse Ângelo Roncalli.

 Para Dinair, nada muda com esse aperto que os municípios estão passando, pois desde que assumiu teve que pagar as dívidas herdadas da previdência municipal, além de depositar o que era de responsabilidade de sua gestão. “Os números assustam, principalmente quando temos que tirar dos cofres e quitar dívidas que não são da minha gestão, que deveriam virar investimento em infraestrutura para a nossa população”, desabafa.

 A discussão abrangeu temas relevantes, que farão parte do dia a dia dos prefeitos e demais administradores públicos, fazendo parte de um projeto da CNM denominado Ação Municipalista, que visa oferecer conhecimento aos gestores e servidores dos Municípios. A intenção é contribuir para o desenvolvimento de capacidade, para inovar e aprimorar ainda mais os resultados nos Municípios.

 Os prefeitos que fazem parte da Comarca de Capinópolis, Leandro Luiz (Léo) de Ipiaçu, e José Marcio de Cachoeira Dourada também participaram do evento, bem como o presidente da Câmara de Capinópolis, Paulo Amaral e a coordenadora da Equipe de Gestão Estratégica, Daiane de Paula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dinair diz que Mulheres tem feito a diferença nas últimas décadas

Dinair Isaac participa de solenidade de troca de comando da Polícia Militar da regional Ituiutaba