População volta a acumular lixo em terreno baldio dias depois da coleta feita pela prefeitura

montagem-lixo

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Dias após a coleta de lixo realizada pela prefeitura de Capinópolis em um terreno baldio na esquina da avenida Névio Franco de Moraes com rua Uberlândia no bairro São João, moradores já acumulam lixo doméstico. Uma ação reincidente que vem causando transtornos e pode causar doenças.

Em Fevereiro deste ano, a prefeitura foi comunicada por uma rede social, onde tem perfil oficial e providenciou a coleta de lixo no terreno. Dias atrás um morador da localidade registrou que o acumulo de lixo já está ocorrendo novamente, proporcionando um local adequado para insetos, animais peçonhentos e o temido mosquito da dengue.

O Jornal Tudo em dia também recebeu denúncias de que lixo doméstico estaria sendo depositado na estrada que liga a cidade ao local denominado “Chácaras Neguta”. A reportagem foi ao local, que fica próximo à CASEMG e comprovou que uma quantidade de lixo doméstico e até móveis de madeira estão sendo depositados às margens da estrada.

Estrada que liga a cidade às Chácaras Neguta
Estrada que liga a cidade às Chácaras Neguta / Foto: Paulo Braga

Alguns argumentam que a população pode estar fazendo isso por não ter condições financeiras de locar uma caçamba ou condições para pagar um profissional para remover o lixo – Mas o argumento não é sustentável, uma vez que, trata-se de lixo doméstico e o mesmo pode ser recolhido pelos profissionais da prefeitura.

As caçambas coletoras passaram a ser obrigatórias a partir do ano passado e servem para depósito de entulhos e podas de árvores.

Lixo jogado às margens da estrada / Foto: Paulo Braga
Lixo jogado às margens da estrada / Foto: Paulo Braga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Produtores rurais de Capinópolis inovam e ganham tempo com WhatsApp

João Lyra entra com agravo na justiça e evita provisoriamente a venda de empresas do grupo JL