Produtores rurais de Capinópolis inovam e ganham tempo com WhatsApp

CAPINÓPOLIS – O associado do Sindicato dos Produtores Rurais de Capinópolis e Cachoeira Dourada de Minas estão experimentando uma nova ferramenta para facilitar o seu acesso a serviços prestados pela entidade.

 O whatsapp, teve um grupo criado entre associados que recebem diariamente e em vários momentos do dia, a cotação de preços de produtos negociados na região, como a soja, o milho, sorgo e a arroba de boi. Vendo o funcionamento do aplicativo em grupo, alguns começaram a solicitar a emissão de Nota Fiscal, facilitando o acesso dos mesmos a emissão do documento, diminuindo tempo de espera quando chegam ao Sindicato. “É uma experiência que está funcionando e os associados gostaram da ideia”, disse a secretária Executiva do Sindicato, Sandra Donizete.

 Para o presidente do Sindicato, Wesley Barbosa de Freitas, tudo aquilo que beneficiar o associado deve ser levado adiante, pois o interesse maior da entidade é prestar serviços de qualidade ao cliente. “Muitas vezes o associado liga no Sindicato para perguntar o preço, e agora como a informação já chega no grupo, eles já nem precisam mais gastar com a ligação”, disse.

 O produtor Silvio Tano é um dos que está aproveitando a tecnologia para pedir suas notas fiscais, além de outros que também aproveitam a ferramenta para adiantar o serviço.

 “Queremos que todos os associados nos tragam ideias e sugestões importantes para que a cada dia possamos dar o atendimento que todos querem em nossa entidade”, completou o presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quatorze pessoas estavam no ônibus do CEPET que se envolveu em um acidente. Dez ficaram feridos

População volta a acumular lixo em terreno baldio dias depois da coleta feita pela prefeitura