Servidor-geral é morto a facadas em praça de Conceição das Alagoas

Servidor-geral é morto a facadas em praça de Conceição das Alagoas
Servidor-geral é morto a facadas em praça de Conceição das Alagoas

O servidor-geral Reginaldo José dos Reis, 43 anos, foi encontrado morto na noite de quinta-feira (5) na praça do terminal rodoviário de Conceição das Alagoas. Ele foi assassinado com três golpes de faca no pescoço. A esposa da vítima, a dona de casa F.A.R., 37, não soube apontar a autoria do crime, disse apenas que o marido fazia uso de bebida alcoólica com alguns moradores de rua que frequentam a praça. Ninguém foi preso.

De acordo com o Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), a Polícia Militar em Conceição das Alagoas foi acionada às 20h40 na praça Jazinho Vieira de Souza, também conhecida como praça da rodoviária, onde um homem teria sido esfaqueado e estava morto. No local, os militares se depararam com uma ambulância do município, onde um médico já havia constatado o óbito. A vítima foi identificada como o servidor-geral Reginaldo José dos Reis. Ele foi vítima de golpes de faca no pescoço.

Testemunhas não souberam relatar onde havia ocorrido o crime, porém a esposa da vítima, dona de casa F.A.R., disse que moravam no bairro Boa Vista, em Uberaba, e há poucos dias se mudaram para aquela cidade. A mulher afirmou que seu marido não era usuário de drogas, apenas de bebida alcoólica. O local onde o corpo foi encontrado, segundo a Polícia Militar, é frequentado por vários moradores de rua e, devido ao grande número de pessoas que se aglomeravam no local e a forte chuva que caía no momento, não foi possível verificar o local correto onde ocorreram as agressões. Suspeita-se que a motivação tenha sido desentendimento da vítima com algum morador de rua.

A perícia técnica da Polícia Civil esteve no local e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em Uberaba, onde, na manhã de ontem, passou por necropsia. Ninguém foi preso e nem a arma usada no crime foi localizada. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil daquela cidade. O delegado Cláudio Renato Ondas é quem preside as investigações.

JM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Estreia da peça ‘Incêndios’ em Uberlândia lota Teatro Municipal

Pasteurização de leite é tema de curso em Ituiutaba