Polícia conclui inquérito e padrasto é preso por abuso de enteadas em Ituiutaba

Um homem de 47 anos foi preso após confessar ter abusado sexualmente de duas enteadas, de 10 e 13 anos, em Ituiutaba. O inquérito feito pela Polícia Civil foi concluído nesta quinta-feira (12) e o homem foi preso por estupro de vulnerável. Ele foi levado para a penitenciária em Ituiutaba. Em caso de condenação, a pena pode chegar a 15 anos.

A suspeita foi levantada pela professora da adolescente de 13 anos, que entrou em contato com o Conselho Tutelar. De acordo com a delegada da Polícia Civil, Alessandra Cunha, a declaração do homem durante diálogo com a conselheira foi fundamental para a conclusão do inquérito.

“Nas declarações feitas na delegacia, ele se reservou ao direito constitucional de ficar em silêncio, mas como no momento da conversa com a conselheira tutelar na residência dele foi autorizada a gravação, ele confessou que realmente vinha abusando da adolescente de 13 anos desde que ela tinha sete”, contou.

A delegada acrescentou que foi confirmada também a suspeita de que ele abusava de outra enteada, de dez anos. Segundo ela, as vítimas afirmaram que não contavam sobre os abusos por terem medo de que a mãe não se separasse do homem.

“Conversando com a adolescente, descobrimos que ela realmente estava sendo abusada. A outra criança está psicologicamente abalada e conta que ele já pegou nas partes íntimas dela, mas nem ela e nem a irmã contavam para a mãe por medo dela se separar e voltar com ele”, concluiu Alessandra Cunha, que reforçou que as denúncias desse tipo de crime dobraram nos últimos anos, e que podem ser feitas pelo telefone 181.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vereador Mário Flabes faz indicação para instalação de proteção na av. 95 no córrego Olaria

Mulheres são homenageadas em Capinópolis