Fêmur de Titanossauro de 80 milhões de anos é encontrado por pesquisadores em Uberaba

Fósseis de mais de 80 milhões de anos são encontrados durante escavações em Uberaba / Fotos: Luiz Carlos Borges Ribeiro
Fósseis de mais de 80 milhões de anos são encontrados durante escavações em Uberaba / Fotos: Luiz Carlos Borges Ribeiro

Pesquisadores encontraram um fêmur de titanossauro que viveu há mais de 80 milhões de anos na região em área onde está sendo construído um condomínio residencial, no bairro São Bento, próximo ao novo shopping de Uberaba. Estima-se que o animal media cerca de 20 metros de cumprimento e pesava em torno de 12 a 16 toneladas. Considerado um dos maiores dinossauros do Brasil.

Os ossos estão sendo retirados por meio de acordo entre a Construtora responsável pela obra e o Complexo Cultural Científico de Peirópolis, da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (CCCP-UFTM). O acordo para a realização de escavações no local envolveu o Ministério Público, que foi acionado para evitar um novo problema – há dois anos, pesquisadores não obtiveram permissão para fazer escavações em outra obra da região. Durante a reunião o empreendedor não criou empecilhos e em parceria com os pesquisadores iniciou escavações em busca de descobertas paleontológicas.

Segundo o paleontólogo e supervisor do CCCP, Thiago Marinho, os fósseis encontrados nas imediações estão no Museu dos Dinossauros, em Peirópolis sendo preparados e analisados para uma possível exposição no local. Além do fêmur, foram encontrados diversos fragmentos de outros titanossauros, como tartarugas e répteis pré-históricos, que ainda estão sendo estudados pela equipe de pesquisadores. “No local onde a obra está sendo erguida, existe um potencial muito grande para novas descobertas, visto que as rochas que compreendem o lugar são ricas em fósseis”, afirma Marinho.

De acordo com Marinho o acompanhamento técnico nas escavações é contínuo com intuito de não perder nenhum patrimônio paleontológico. Para ele, as escavações no empreendimento, a procura de materiais históricos devem durar mais duas semanas.

JM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Jovem fica ferido durante acidente no bairro Independência em Ituiutaba

Mais de 200 casos de dengue já foram confirmados em Capinópolis