Professora da UFMG é cotada para assumir Ministério da Educação

LUCAS RAGAZZI E RICARDO CORRÊA

image

A saída brusca de Cid Gomes (PROS-CE) do comando do Ministério da Educação, após atritos e discussão com a base aliada do governo federal, pode abrir espaço para a mineira Nilma Gomes, professora da UFMG e que hoje ocupa o comando da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir).

Isso porque ela, junto do ministro das Comunicações Ricardo Berzoini, é favorita para assumir a pasta deixada pelo ex-governador do Ceará.

O tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais de 200 casos de dengue já foram confirmados em Capinópolis

Cerca de 450 funcionários são demitidos de obra da Petrobras em Uberaba