Comissão aprova criação do curso de Medicina da UFU em Ituiutaba

Comissão aprova criação do curso de Medicina da UFU em Ituiutaba
Comissão aprova criação do curso de Medicina da UFU em Ituiutaba

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) deu mais um passo rumo à implantação do curso de graduação em Medicina no Campus Pontal, em Ituiutaba. A Comissão responsável por fazer o estudo de viabilidade aprovou a criação de mais uma graduação. A resolução foi formalizada nesta quarta-feira, 01/04, em reunião realizada entre representantes da UFU, da Prefeitura de Ituiutaba, da Associação Comercial de Ituiutaba e do Conselho Municipal de Saúde de Ituiutaba.

 O resultado do trabalho desenvolvido pela Comissão será encaminhado ao Ministério da Educação (MEC) para dar andamento à solicitação do novo curso. Desde 2013 a UFU pleiteia o curso de graduação em Medicina no Campus Pontal.

 Rosuíta Frattari, presidente da Comissão e professora da Faculdade de Medicina da UFU, explica que o cenário é favorável, devido à necessidade de formação de novos profissionais. “As políticas públicas estimulam as universidades a criarem novos cursos de Medicina”.

 O reitor da UFU e médico, Elmiro Resende, afirma que no país há carência de médicos e sinaliza que o papel da universidade é desenvolver projetos a partir das necessidades da sociedade. “Nossa contribuição será na formação de recursos humanos na área e atende uma reivindicação da cidade”.

 O prefeito de Ituiutaba e médico, Luiz Pedro Correa do Carmo, vê com expectativa a possibilidade de criação do curso de Medicina na cidade e pondera que a administração municipal dará apoio logístico e político para a instalação da nova graduação na cidade. “O curso de Medicina é expoente em toda universidade, com isso estaremos reforçando e ampliando a UFU, que já é uma grande conquista para Ituiutaba”.

 Caso a sinalização do MEC seja positiva, os próximos encaminhamentos serão vinculados ao estudo do projeto pedagógico, a estrutura necessária para implementação, a quantidade de vagas que serão oferecidas e a pesquisa sobre o sistema de saúde da cidade. A intenção é criar o curso de graduação em Medicina e oferecer a possibilidade do profissional realizar a Residência Médica em Ituiutaba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Homem de 40 anos e jovem de 23 anos são presos por suspeita de tráfico de drogas em Capinópolis

Clima tenso entre os vereadores João Makhoul e Ivo Américo