[doptg id=142]

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – A secretaria de Saúde desenvolveu mais uma ação em combate à dengue na manhã da última sexta-feira (24). A “Parada contra a dengue” foi realizada no cruzamento da rua 102 com a avenida 101, no centro da cidade e mobilizou agentes de saúde, secretários e a população que passava pelo local.

Orientações à população, panfletagem e adesivagem de veículos fizeram parte da ação que visa conscientizar a comunidade para reduzir os crescentes casos de dengue na cidade, que já passam de 500.

Continua após a publicidade

A secretária de Saúde, Simone Dantas, disse que pequenas ações podem surtir grande efeito no combate ao mosquito Aedes aegypti – “Além dos cuidados para evitar água para em vasos de plantas, comedouros de animais, latas, tampas e sacolas plásticas, o cidadão deve estar atendo à outras questões, onde até proprietários de casas de aluguel que se encontram desocupadas, devem ficar atentos até com a água parada no vaso sanitário, local propício para proliferação do mosquito”, disse a secretária à reportagem do Tudo em Dia.

Segundo a coordenadora de epidemiologia, Maria Nazaré, várias ações foram feitas  – “Em janeiro foi realizado o mutirão de limpeza em toda a cidade, logo após a medida que iam aumentando o número de notificações solicitamos o fumacê e também a Força Tarefa de Belo Horizonte, com mais vinte profissionais além do quadro de profissionais que já trabalham no setor de controle de endemias de Capinópolis”, disse a coordenadora.

Perguntada sobre o projeto de combate à dengue, a coordenadora disse que a ações foram implantas em um momento crítico – “O projeto logo em seguida foi executado em parceria com as Secretarias, com limpeza de bueiros, roça de terrenos baldios, colocação de 10 caçambas a cada 02 dias em pontos estratégicos e que facilitam a comunidade a retirarem o lixo dos seus quintais, começamos pelos bairros que tiveram mais notificações e já percorreram quase todos lembrando que esse projeto das caçambas será executado apenas nesse momento crítico e pedimos a sensibilidade da população em não deixar  objetos que acumulam água nos quintais porque a responsabilidade é de cada um de nós”, pontuou Maria Nazaré.

Veja abaixo algumas medidas que podem evitar os focos do mosquito Aedes aegypti:

formas de evitar a dengue
formas de evitar a dengue / dengue.org.br


Comments are closed.