Câmara Municipal de Capinópolis / arquivo Tudo Em Dia
Câmara Municipal de Capinópolis / arquivo Tudo Em Dia

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Parlamentares da Câmara Municipal de Capinópolis entraram com requerimento para instauração de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o caso do “Desvioduto da previdência” em Capinópolis na última segunda-feira (11).

João Makhoul (PTB/MG), afirmou em um pronunciamento que é necessário que seja instaurada a CPI e também uma auditoria no Instituto de Previdência Municipal. Mário Reinaldo (PSDB/MG) defendeu as investigações e afirmou não compactuar com as possíveis atitudes ilícitas ocorridas no instituto de previdência. Bernaldo E. Cabral (PT/MG) fez críticas ao Governo Municipal. Jean Carlos (DEM) defendeu as fiscalizações. Caetano Neto da Luz (PPS) afirmou que confia no Ministério público para apuração justa dos fatos.

O presidente da Câmara Municipal de Capinópolis, Paulo Amaral, disse que o Legislativo apoia e defende as investigações para que os maus atos sejam punidos.

Continua após a publicidade

Ouça os pronunciamentos 

 


Comments are closed.