Comissão Especial criada para investigar caso do Desvioduto da Previdência inicia ações  

Comissão solicitou, por meio de requerimento, cópias de documentos que auxiliarão na apuração
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
(Esq) Cleidimar Zanotto, João Makhoul e Luciano Belchior
(Esq) Cleidimar Zanotto, João Makhoul e Luciano Belchior

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Uma comissão Especial composta por vereadores foi nomeada pelo Presidente da Câmara Municipal de Capinópolis, Paulo Amaral, por meio da Portaria 07/2015 para investigar o caso do “Desvioduto” da previdência Municipal de Capinópolis.

A comissão é composta pelos Parlamentares João Makhoul, Cleidimar Zanotto e Luciano Belchior –  As ações de apuração do caso já tiveram início nesta semana e um requerimento foi encaminhado ao Instituto de Previdência solicitando que sejam fornecidos dados e documentos.

  1. Lista nominal e respectivos contracheques de todos os segurados a partir de 2012;
  2. Extrato de receitas a partir de 2012, incluindo os parcelamentos pagos mensalmente pelo Poder Executivo;
  3. Relação das contas desta autarqui acompanhdo dos respectivos extratos bancários a partir de 2012;
  4. Extrato de rendimentos de todas as aplicações bancárias realizadas a partir de 2012;
  5. Relação nominal com valores, vigência e cópia de todos os contratos firmados com terceiros a partir de 2009;
  6. Cópia do Estatuto do Instituto de Previdência Municipal;
  7. Relação nominal, valores e comprovante de pagamento/repasse às instituições financeiras dos empréstimos consignados em folha de pagamento a partir de 2012.

Várias pessoas  já foram ouvidas pelo Ministério Público no inquérito Civil 0126.14.000.176-2 aberto em 06 de Maio.

O presidente da Câmara Municipal de Capinópolis, Paulo Amaral, afirmou que o Legislativo apoia e defende as investigações para que os maus atos sejam exemplarmente punidos.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
1
2
3
4
5

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida