Internet Wi-Fi na “Casa de Apoio” para Capinopolenses em Barretos (SP) pode minimizar custos com telefonia

Casa de Apoio em Barretos (SP) - Mantida pelo Poder Executivo e pela AVCC
Casa de Apoio em Barretos (SP) – Mantida pelo Poder Executivo e pela AVCC

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Uma pesquisa publicada pelo instituto Ibope apontou uma queda de 64% no número de ligações efetuadas via celular em 2014 – O uso de dados (internet no celular) para uso de mensagens instantâneas como o WhatsApp aumentou cerca de 164% com relação à 2013.

Muitos pacientes e acompanhantes que se deslocam para efetuar tratamento do câncer em Barretos-SP ainda enfrentam altas taxas de roaming ou acabam comprando um chip do DDD 17 para efetuar ligações para parentes e amigos em Capinópolis.

O vereador Cabral apresentou indicação na última segunda-feira (9) para que o Poder Executivo efetue a instalação de internet Wi-Fi na Casa de Apoio aos capinopolenses na cidade de Barretos-Sp.

“Hoje as redes sociais estão em alta e auxiliam as pessoas a economizar na comunicação. Se o Município atender esta indicação, irá atender tanto às pessoas que estão lá na Casa de Apoio, quanto as familiares que estão em Capinópolis e tem a necessidade de comunicação”, disse o vereador Cabral.

A “Casa de Apoio” em Barretos fica próximo ao hospital das Clínicas e é mantida pelo Município de Capinópolis, que efetua os pagamentos de aluguel, água, energia e IPTU do imóvel e também pela AVCC que mobiliou a casa e cuida da alimentação dos pacientes e acompanhantes que utilizam o local. A instalação da rede de Internet Wi-Fi ocasionará economia durante ligações, acesso à redes sociais, envio de mensagens instantâneas – Muitos viajam desprovidos de qualquer recurso financeiro.

Ouça o vereador

Segundo o Ibope, em relação à frequência de uso, 80% dos usuários checam o smartphone no mínimo uma vez a cada 30 minutos, e 36% deles garantem que a cada 5 minutos utilizem o aparelho. Já o quesito de conexão à internet no aparelho é unânime entre os usuários, e 80% deles afirmam utilizar pacotes de dados 3G/4G, enquanto apenas 20%  dizem se conectar  por meio de redes Wi-Fi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A primeira-dama, a enfermeira e o operador do PT

Travesti de 31 anos é assassinado em Uberaba à facadas