Moradores do “acampamento do DER” aguardam liberação de escrituras do Município de Capinópolis

Área foi doada pelo Estado de Minas Gerais ao Município de Capinópolis
Área foi doada pelo Estado de Minas Gerais ao Município de Capinópolis

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Moradores do “Acampamento do DER” aguardam a liberação de escrituras dos imóveis onde residem por parte do Município de Capinópolis – A área pertencia ao Estado de Minas Gerais e foi doada em 2014 ao Município após início de uma mobilização em 2010 por parte do vereador Caetano Neto da Luz (PPS/MG) que ganhou força em 2014 com o Vice prefeito de Capinópolis, Jorginho Jacob (PSDB/MG) e também do então deputado Estadual Zé Maia, que enviou o Projeto de Lei à Assembléia Legislativa do Estado, onde originou a lei promulgada em 27 de Junho de 2014 pelo governador de Minas Gerais Sr. Alberto Pinto Coelho.

Desde 2014, o trecho faz parte do perímetro urbano do município e a decisão foi amplamente comemorada pelos moradores da localidade.

O presidente da Câmara Municipal de Capinópolis, Paulo Amaral, deve agendar uma reunião com a prefeita Dinair Isaac para tratar das escrituras dos imóveis – “A Câmara tem desenvolvido um relacionamento harmônico com o Poder Executivo e temos a plena certeza de que a prefeita está sensibilizada com relação a este assunto”, disse Amaral.

A prefeita Dinair Isaac afirmou estar empanhada em atender aos anseios dos moradores – “O departamento jurídico do Município está efetuado a análise da situação das escrituras e teremos um posicionamento dos profissionais em breve”, disse a prefeita.

Vista aérea do local
Vista aérea do local

A extensão territorial doada é de seiscentos metros (600) entre o km 23,6 e a ponte do “Córrego do Capim”, que fica próximo ao trevo de acesso à Canápolis-Mg e Cachoeira Dourada-Mg.

Segundo o vice-prefeito Jorginho, um projeto deve ser enviado à Câmara após a análise do departamento jurídico do Município – “É uma grande conquista do Município por intermédio do ex-deputado Zé Maia  e dentro em breve, deveremos escriturar os imóveis dos moradores daquele local”, disse Jorginho.

Caetano Neto relembrou a luta pelos direitos dos moradores – “Buscamos uma solução para o caso desde 2010 e por meio de grandes esforços conjuntos, os moradores foram agraciados com a notícia da doação da área pelo Estado de Minas – Agora temos que garantir a segurança destes moradores com relação às suas propriedades por meio da escritura dos imóveis”, disse o vereador.

Alguns moradores residem no local há mais de 30 anos – As moradias foram construídas por funcionários do Departamento de Estradas e Rodagens de Minas Gerais (DER/MG) durante a pavimentação da MGT-154.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Travesti de 31 anos é assassinado em Uberaba à facadas

Vereadores João Makhoul e Caetano Neto fazem solicitação para que FAEPU realize pequenas cirurgias em Capinópolis