Polícia prende homem suspeito de matar mulher em milharal de Ituiutaba

ADRIANO MARTINS DA SILVA, 33 anos, / Foto: Marcos Ribeiro
ADRIANO MARTINS DA SILVA, 33 anos, / Foto: Marcos Ribeiro

Foi apresentado pela Polícia Civil de Ituiutaba, na tarde desta terça-feira (16), Adriano Martins da Silva, de 34 anos,  suspeito de assinar uma mulher em maio. O corpo da vítima foi encontrado em um milharal no Bairro Ipiranga com sinais de violência sexual e perfurações. Silva estava sob investigação e foi detido enquanto retornava do trabalho.

Segundo a delegada titular da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher em Ituiutaba, Alessandra Rodrigues da Cunha, a identificação do suspeito ocorreu graças ao laudo pericial e às provas do crime.

“Começamos com o fato de ele ter sido a última pessoa em contato com a vítima. Ele mesmo afirmou que tinha ficado no milharal com a vítima e tido relações sexuais com ela. Depois, começaram as contradições do horário que ele afirma ter chegado em casa, do que foi encontrado no local do crime. Temos certeza de que foi ele quem deixou peças pessoais em cima do corpo da vítima”, disse.

Em 13 de maio, o corpo da mulher foi localizado após ela ficar por cinco dias desaparecida. Foram identificadas perfurações no tórax e na mandíbula. O homem e outros três suspeitos foram levados à delegacia para esclarecimentos, mas foram liberados.

Desta vez, o homem foi encaminhado para a penitenciária da cidade onde responderá pelo crime de homicídio qualificado, cuja pena varia de 12 a 30 anos. A delegada afirmou que o caso não está encerrado, pois será averiguada a possível participação de mais envolvidos no crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Registro fotográfico profissional auxilia comprovação de projetos

Reclamações sobre perturbação leva Ministério Público à convocar proprietários de carros de som em Capinópolis