PM ministra palestras na Escola Governador Juscelino – Cerca de 250 crianças participaram

Sargento Edinaldo ministrando palestra na escola Governador Juscelino
Sargento Edinaldo ministrando palestra na escola Governador Juscelino

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO –  Polícia Militar (PM) ministrou palestra educativa na Escola Governador Juscelino nesta quinta-feira (25) de Junho – As palestras foram conduzidas pelo Sargento Edinaldo da PM de Capinópolis e duraram o dia todo, tratando sobre Educação, Disciplina no Ambiente Escolar e Drogas.

Para tentar reduzir os episódios de violência no ambiente escolar, instituições de ensino estão oferecendo cursos, seminários e palestras para minimizar os conflitos entre professores e alunos, apostando em técnicas para promover o diálogo e evitar o confronto direto.

Segundo o Sargento Edinaldo, as escolas estão enfrentando vários casos de indisciplinas – “Através dessas palestras tentamos resgatar a autoridade dos profissionais da instituição e ao mesmo tempo conscientizar os alunos de que eles têm limites a respeitar. Também mostramos a eles a diferença entre indisciplina escolar e ato infracional, nos quais a Polícia Militar tem que ser acionada e agir. Os objetivos principais dessas palestras são diminuir os problemas de indisciplina na escola, aumentando o rendimento escolar dos alunos e ao mesmo tempo mostrar noções a eles dos malefícios do uso de drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas”, disse o sargento.

tentamos resgatar a autoridade dos profissionais da instituição e ao mesmo tempo conscientizar os alunos de que eles têm limites a respeitar
tentamos resgatar a autoridade dos profissionais da instituição e ao mesmo tempo conscientizar os alunos de que eles têm limites a respeitar

Ao todo, oito turmas do 5º ao 9º ano participaram das palestras, totalizando cerca de 250 alunos que assistiram atentamente e receberam importantes dicas para prevenção ao uso de drogas.

Não há dados oficiais sobre a penetração das drogas nas escolas, mas dados isolados apontam uma crescente entrada de drogas como maconha e cocaína no ambiente escolar.

Projetos como o Programa Educacional de Resistência às Drogas – PROERD, auxiliam crianças e jovens a evitarem o primeiro contato com as drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ciclista de 50 anos morre atropelado próximo à Cachoeira Dourada

PM de MG investe em robô para combater crimes ambientais