in

Casal suspeito de explodir caixas eletrônicos no Hospital das Clínicas de Uberaba é preso

Casal suspeito de explodir caixas eletrônicos no Hospital das Clínicas de Uberaba é preso
Casal suspeito de explodir caixas eletrônicos no Hospital das Clínicas de Uberaba é preso

Polícia Militar prendeu na tarde da última sexta-feira (10) um casal suspeito de explodir caixas eletrônicos no Hospital das Clínicas de Uberaba (UFTM) – Autor com passagem pelo meio policial e sua companheira foram conduzidos à Delegacia da Polícia Federal. Armas de uso restrito, como submetralhadora e duas pistolas, foram encontradas em imóvel no bairro Abadia. Coletes, sete quilos de maconha e balança de precisão foram apreendidos. Diversas cédulas danificadas de dinheiro foram coletadas para análise pericial.

Por volta de 17h, equipe militar Gepmor recebeu informações dando conta de que um automóvel utilizado pelos autores da explosão de caixas eletrônicos da UFTM e também em outros roubos a residências estaria escondido em um beco nas imediações da rua Guia Lopes. O local seria a residência de um dos autores da explosão na UFTM. Na ocasião do crime, às 4h18 da madrugada de quinta-feira, dois caixas do Banco do Brasil e dois do Sicoob foram destruídos por explosivos.

Militares do Corpo de Bombeiros e Esquadrão Antibomba da 5ª RPM foram acionados e constatados danos em portas, janelas, paredes, teto, fiação elétrica, porta de elevador, móveis e em diversos aparelhos eletroeletrônicos no prédio do Hospital de Clínicas. Pacientes, acompanhantes e funcionários, em pânico, viram quando três homens entraram em um Fiat Palio Weekend, de cor prata, e fugiram pela rua Vigário Carlos e Conde Prados.

Mediante as informações, em diligência, a equipe comandada pelo cabo Hélcio compareceu ao local informado e avistou o automóvel Palio Weekend, de cor prata, placas de Uberlândia. Em consulta ao sistema de informação, foi constatada queixa de furto/roubo para o veículo. No imóvel, os militares encontraram a jovem T.F.T.S., 24 anos. Em buscas foram encontrados aproximadamente sete quilos de maconha, duas pistolas, uma submetralhadora, várias munições, carregadores das armas, dois coletes balísticos de empresa de vigilância patrimonial, peças de veículos, dois rádios HTs e uma grande quantidade de pregos entrelaçados, possivelmente para serem jogados em caso de perseguição, para furar pneus de viaturas.

Conforme apurado pela reportagem, várias cédulas se encontravam destruídas, possivelmente em decorrência da explosão dos caixas. O valor encontrado não foi divulgado, mas estima-se que em torno de R$5 mil tenham sido localizados na casa.

Enquanto os militares recolhiam o material e colhiam informações com a jovem, seu companheiro F.R.Q., 24 anos, foi flagrado pela equipe pulando muros das residências vizinhas, momento em que foi detido. Conforme o registro policial, ele é suspeito de participar na explosão dos caixas na UFTM.

O delegado da Polícia Federal Glorivan Bernardes esteve no local e ratificou as prisões em flagrante, sendo o casal encaminhado à Delegacia da Polícia Federal. Os materiais foram apreendidos e veículos removidos ao pátio. A Polícia Militar segue em rastreamento para localizar os demais envolvidos na explosão no Hospital de Clínicas.