in

Belo e Gracyanne tentam acordo de R$ 30 mil para não ter bens leiloados

241269_36
divulgação

Gracyanne Barbosa e o marido, Belo, estão negociando, por meio de seus advogados, uma dívida de cerca de R$ 40 mil para evitar que seus móveis sejam leiloados.

Dois pertences do casal, uma mesa e um lustre, penhorados na Justiça desde 2012, vão a leilão no dia 12 de agosto, caso a dívida não seja paga. Gracyanne e Belo alegam que não sabiam do processo.

Segundo o advogado Ivo Peralta, que defende a fisiculturista, um oficial de justiça esteve na casa do casal em 2012 e foi recebido por um ex-funcionário, que nunca chegou a informar os patrões sobre a ação, tampouco sobre a penhora dos bens.

A dívida é referente a uma compra feita em 2010, quando o sambista e a modelo fizeram uma grande reforma na casa, comandada pela decoradora Graça Arantes.

Gracyanne e a decoradora se desentenderam na ocasião, mas em 2012 chegaram a um acordo verbal e quitaram as dívidas. No entanto, Gracyanne ficou, desde 2010, em débito de R$ 18 mil com a loja de móveis Orleans (autora do processo).

O advogado afirma que ela enviou três cheques para pagar o valor, que nunca foram compensados. Cinco anos depois, os R$ 18 mil já viraram R$ 40 mil.

“Ela ficou muito resignada [quando soube do leilão]”, informou o advogado, que no entanto afirma já ter tudo sob controle.

“Esse leilão não vai acontecer, vamos desconstituir a penhora, que foi feita sem o conhecimento do casal”, acrescenta. As duas partes estão fechando um acordo no valor de R$ 30 mil, que deverá ser pago nos próximos dias.