Capinópolis abre as portas para a Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla

[rev_slider apae260815]

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Com uma grande Caminhada da Inclusão e Missa em Ação de Graças, a Escola Municipal de Ensino Especial – Centro Educacional Construindo/APAE abriu no fim de semana a Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla que acontece entre os dias 21 a 28 de agosto.

Além da caminhada e missa, no sábado pela manhã a APAE realizou um pedágio em prol da APAE Capinópolis, cujos organizadores fizeram agradecimentos aos patrocinadores e a todos aqueles que por ali passaram e contribuíram de forma tão generosa.

Nesta terça-feira, 25, foi Dia de Beleza, onde a escola se transformou em um grande Salão de Beleza, graças a importante parceria de pessoas, como a Equipe Teca Cabeleireira (Teca Santos, Carlos, Camila, Jessica e Dara), e ainda a Joana, Técia, e a Equipe Rozeli Cabeleireira (Rozeli de Fátima, Larissa e Raiane).

De acordo com informações da diretora da escola, Renata Baga, o tema da Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla proposto pela Federação Nacional das APAEs para o ano de 2015 é “Inclusão se conquista com Autonomia”.

O tema remete à necessidade de vencer barreiras arquitetônicas, ou seja, a falta de acessibilidade, atitudinais (preconceitos, discriminação, exclusão) e de tecnologias ultrapassadas são um desafio cotidiano de milhões de pessoas com deficiência no Brasil.

A conquista da autonomia e da independência é o ponto de partida para a cidadania. Entre os benefícios gerados pela independência está o aperfeiçoamento pessoal, profissional e social, além da melhora da autoestima.

A pessoa com deficiência incluída no mundo do trabalho passa perceber-se de forma positiva na sociedade, realizando suas próprias escolhas, assumindo o protagonismo de sua existência, e, na maioria das vezes, desmitificando o papel de coitado que historicamente a sua condição foi marcada na nossa sociedade.

Esse desafio passa a ser nosso, quando estamos imbuídos de mais uma vez lutarmos para selar o compromisso de atuarmos pelas conquistas de um novo cenário político e social a essas pessoas, suas famílias e a toda a sociedade. A eliminação de barreiras sociais, uma das metas da inclusão social, constitui-se em elemento chave para a equiparação de oportunidades, decorrendo na conquista da autonomia e independência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entregue oficialmente Residencial Roney Almeida Garcia

Roubo de Gado: Polícia Civil prende suspeitos em Capinópolis, Ituiutaba e Tupaciguara