reprodução
reprodução

A Endesa Cachoeira vai realizar na próxima quarta-feira, 4, uma operação para abrir as comportas do vertedouro esquerdo da usina hidrelétrica, para testes nos sistemas de acionamento das comportas. O procedimento ocorre a cada três anos e costuma ser acompanhado com curiosidade pela população, apesar dos riscos que a vazão da água representa para quem estiver dentro da área da usina, sem autorização.

A empresa está realizando uma força-tarefa para alertar os moradores e possíveis visitantes de Cachoeira Dourada sobre os perigos da presença de pessoas não autorizadas, principalmente próximo às comportas do vertedouro, ao canal de fuga – por onde a água é liberada –, à bacia de dissipação (conhecida pela população como “poção”), e a toda a área de vegetação ao redor da usina. A entrada da população é terminantemente proibida, não apenas no dia da abertura das comportas, mas durante todo o ano, por motivos de segurança.

“O risco será ainda maior no dia 4 de novembro, mas é importante destacar que as pessoas costumam usar a área interna da usina para atividades de pesca, caminhadas, criação de animais e lazer em geral, o que é proibido,” afirma Paulo Fróes, responsável pela operação da hidrelétrica.

Continua após a publicidade

Um carro de som está circulando em Cachoeira Dourada com uma mensagem de orientação e a Endesa Cachoeira também está distribuindo panfletos, em Cachoeira Dourada de Minas e de Goiás, para ilustrar os locais de risco. A empresa está organizando ainda uma ação de mobilização nas escolas locais, para orientar os alunos a multiplicarem as informações entre familiares e amigos. Além disso, no dia da operação, três sinais sonoros serão disparados, minutos antes do procedimento de abertura das comportas.

Jornal do Pontal


Comments are closed.