arquivo /  Agencia O Globo
arquivo / Agencia O Globo

Começou na madrugada desta segunda-feira a greve nacional dos caminhoneiros, convocada no mês passado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 7h, eram quatro pontos de bloqueio em Minas Gerais: no km 359 da BR-381, em João Monlevade; km 513, em Igarapé; no km 412, na BR-262, em Igaratinga, e na BR-040, nos kms 627 e 633, em Conselheiro Lafaiete.

A greve foi convocada pelo Comando Nacional do Transporte, que se declara independente de sindicatos. No comunicado distribuído no fim do mês passado, os trabalhadores informaram que a manifestação conta com o apoio de grupos que pedem a saída de Dilma da Presidência, como o Movimento Brasil Livre, o Vem Pra Rua, o Revoltados On Line e o Movimento Brasil Livre (MBL).

Por meio de redes sociais, caminhoneiros tentam organizar a nova paralisação. Os trabalhadores pedem redução no preço do diesel, anulação de multas referentes à paralisação anterior, ocorrida em fevereiro, e crédito com juros subsidiados.

Continua após a publicidade

Com Agência Estado


Comments are closed.