O objetivo do governo é tentar evitar que a greve acirre os ânimos no País / FolhaPress
O objetivo do governo é tentar evitar que a greve acirre os ânimos no País / FolhaPress

O governo vai endurecer as punições para os caminhoneiros. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, anunciou nesta terça-feira, 10, que o novo valor da multa para quem bloquear estradas será de R$ 5.746,00, valor antes fixado em R$ 1.915,00. Quem organizar eventos terá de pagar R$ 19.154,00 .

Além disso, aqueles que receberem multas também não poderão tomar crédito para a compra de veículos por dez anos, informou o ministro. Uma medida provisória que prevê as novas penas será editada pelo Planalto.

O objetivo do governo é tentar evitar que a greve acirre os ânimos no País e provoque desabastecimento em algum setor. A ordem é não deixar que estradas sejam fechadas, impedindo o direito de ir e vir das pessoas. Para isso, a Força Nacional irá auxiliar a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na desobstrução das estradas, disse Cardozo.

Continua após a publicidade

Alguns dos líderes dos caminhoneiros seguem para Brasília, mas não há previsão se o governo vai recebê-los ainda.


Comments are closed.