Moradores da "Chácara Balaieiros" limpam a lama trazida pela enchente / Foto: Paulo Braga
Moradores da “Chácara Balaieiros” limpam a lama trazida pela enchente / Foto: Paulo Braga

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – As últimas chuvas que caíram sobre Capinópolis no início da madrugada desta quinta-feira (18) levaram o terror da inundação à moradores da “Chácara dos Balaieiros” em Capinópolis.

A chuva teve início por volta das 23h00 de quarta-feira (18) e durou cerca de duas horas, chovendo entre 15mm e 20mm – O tempo foi suficiente para transbordar o quase seco córrego que passa ao lado do bairro Wagner de Paula e da chácara – As manilhas que escoam a água até o córrego Olaria não tiveram vasão suficiente e a enxurrada de água e lama invadiu quatro residências na localidade.

As águas chegaram à cerca de 90 cm de altura dentro dos imóveis e camas, sofás e móveis foram atingidos pelas águas.

Continua após a publicidade

Segundo a moradora de uma das casas, Maria Aparecida da Silva, não é a primeira vez que os imóveis são inundados – “Já chegamos a perder alimentos do mês inteiro e tivemos que receber ajuda de outras pessoas e igrejas”, disse à reportagem do Tudo em Dia.

Segundo Leonardo dos Santos, um dos moradores, as crianças que moram no local tiveram que ser levadas as pressas para uma rua do bairro Wagner de Paula – “Tivemos que levar as crianças para a rua, se não iriam morrer afogados”, disse Leonardo, que utilizava um rodo para limpar a lama do local. Ainda segundo Leonardo, ele financiou uma residência no conjunto habitacional “Vale dos Sonhos” e pretende se mudar para o conjunto quando for inaugurado, mas até lá, uma solução, seria a prefeitura efetuar o pagamento de aluguel momentâneo até que sua família possa se mudar.

Os moradores afirmaram que o problema da inundação é antigo e vem desde governos passados, mas a situação piorou depois do início do loteamento do bairro Barbosa II.

Maria José dos Santos e Maria Aparecida da Silva disseram que uma possibilidade viável é de que a prefeitura possa desapropriar o local.

As manilhas instaladas para escoamento, que ficam próxima as casas, recebem as águas do bairro Wagner de Paula, Bairro Barbosa II e parte da água da rodovia MGT-226.

A prefeita de Capinópolis, Dinair Isaac, que viajou na última quarta-feira (18) à Alagoas para tratar do restabelecimento das atividades das usinas Vale do Paranaíba e Triálcool e falou por telefone com a reportagem – “Estamos enviando uma equipe ao local para ver a situação da famílias”. A prefeita deve retornar à Capinópolis já na madrugada de sábado (21).

Segundo Cláudia Garcia, que faz gestão da pasta da assistência social do Município de Capinópolis, a equipe visitará o local para analisar a situação das famílias.

VEJA ALGUMAS IMAGENS REGISTRADAS PELOS MORADORES NO MOMENTO DA ENCHENTE


Comments are closed.