Ex- funcionário da Secretaria de Fazenda continua detido.
Ex- funcionário da Secretaria de Fazenda continua detido.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga adulterações de contracheques de médicos plantonistas e desvio dinheiro para uma conta particular se reuniu nesta terça-feira (8) em Ituiutaba. Atual prefeito da cidade e ex-secretário de Saúde à época das irregularidades, Luiz Pedro foi concocado, mas não compareceu à reunião graças a uma liminar judicial.

A CPI foi formada depois de o ex-diretor de Recursos Humanos da Secretaria de Fazenda, Washington Doniro, ser detido, após oito meses de investigações.

A Comissão já ouviu cinco pessoas que trabalhavam na área de Saúde entre 2009 e 2015. O presidente da CPI, Wanderson Rodrigues, afirma que o prefeito já foi chamado para depoimentos por duas vezes. “Fizemos a primeira convocação e ele não compareceu. Reiteramos e já oficializamos no Judiciário para que fizesse valer o que manda o regimento interno de uma CPI. Diante disso, o chefe do Executivo entrou com mandado de segurança que foi enviado para o Fórum e acatado, dando liminar a ele para que não comparecesse ”, explicou. Com a ausência do político, a CPI pretende entrar com agravo de defesa.

Continua após a publicidade

Outras nove pessoas, entre médicos, diretor e ex-diretores do Pronto-Socorro Municipal de Ituiutaba serão ouvidas na terça (15) e quarta-feira (16) da próxima semana. O ex-diretor de Recursos Humanos, Washington Doniro, continua detido.

Com informações do G1


Comments are closed.