Kátia Abreu joga vinho na cara de Serra: "Você nunca será presidente"
Kátia Abreu joga vinho na cara de Serra: “Você nunca será presidente

A ministra Kátia Abreu, da Agricultura, jogou uma taça de vinho na cara do senador José Serra (PSDB-SP). A cena ocorreu na noite de quarta (9), em um jantar de fim de ano na casa do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) em que estavam presentes cerca de 40 senadores e também o vice-presidente Michel Temer.

A ministra confirmou o fato à coluna de Mônica Bergamo.

“Eu fiz o que qualquer mulher honrada faria. Respondi à altura de quem preza a sua honra”, afirma ela.

Continua após a publicidade

Kátia Abreu conta que conversava com senadores quando Serra “simplesmente chegou numa roda em que não tinha sido chamado, sem mais nem menos”.

Segundo ela, o tucano afirmou: “Kátia, dizem por aí que você é muito namoradeira”.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, tentou consertar a gafe: “Serra, a ministra se casou neste ano”.

A ministra diz que imediatamente reagiu: “Você é um homem deselegante, descortês, arrogante, prepotente. É por isso que você nunca chegará à Presidência da República”.

E seguiu: “E, de mais a mais, nunca traí ninguém na minha vida”.

Enfim, conta a ministra, ela jogou vinho na cara de Serra e disse: “Nunca lhe dei esse direito nem essa ousadia. Por favor, saia dessa roda, saia daqui imediatamente”.

Serra então teria se afastado.

A ministra afirma que “toda mulher sabe o que um comentário desses significa” e que não tinha outra atitude a tomar.

“Que ódio me deu”, afirma ela.

Kátia Abreu diz que o episódio não tem nada a ver com a divergência atual entre os dois: Serra trabalha para a aprovação do impeachment de Dilma Rousseff. Já a ministra é da equipe e amiga pessoal da presidente.

“Imagina se vou brigar com colega por causa de bandeiras diferentes que cada um possa ter. E eu fiz campanha para o Serra [ à Presidência em 2010], uma campanha derrotada, que sempre apoiei.”

Serra diz ter feito uma “brincadeira com intenção de elogio. “Foi uma brincadeira com intenção de elogio. Me desculpei. Sempre tive respeito pela Kátia”, disse.


Comments are closed.