CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Já era início da madrugada de terça-feira (15) de Dezembro, quando os parlamentares da Câmara Municipal de Capinópolis votaram o Projeto de Lei 1.766 que autoriza o Executivo do Município de Capinópolis a conceder subvenções às entidades no exercício 2016 – O Projeto deu entrada no Legislativo pouco antes do início da reunião desta segunda-feira (14) de Dezembro de 2015.

A discussão sobre o Projeto de Lei 1.766  teve início por volta 00h0m e foi registrado pelo Presidente Paulo Amaral – “Agora são 00 horas e nós estamos aqui, trabalhando pelo povo de Capinópolis”, disse o presidente. O Projeto foi aprovado de forma unanime por volta das 00h25m  – Nenhum popular acompanhava a votação naquele momento.

Continua após a publicidade

O Tudo em Dia esteve presente na reunião – Ouça a gravação do momento da votação e o pronunciamento dos parlamentares

As subvenções serão pagas em 12 (doze) parcelas e contemplarão as seguintes entidades:

—————————————————————————-

Sanatório Espírita José Dias Machado                          |  R$24.000,00 | Ituiutaba-MG

—————————————————————————-

Hospital São José da Sociedade S. Vicente de Paulo    |  R$ 138.379,20  | Ituiutaba-MG

—————————————————————————-

Fundação Pio XII – HC Barretos SP                             |  R$ 24.000,00 | Barretos – SP

—————————————————————————-

Associação Arte Transformando Jovens                      |  R$ 42.000,00  | Capinópolis-MG

—————————————————————————-

Abrigo Frederico Ozanan                                             |  R$ 36.000,00  | Capinópolis-MG

—————————————————————————-

Casa Lar Menino Jesus                                                 |  R$ 34.173,00  | Capinópolis-MG

—————————————————————————-

O vereador Caetano Neto da Luz deve entrar com emenda no Projeto de Lei para que a instituição “Casa Lar Menino Jesus”, não pague aluguel – Atualmente, a instituição que cuida de crianças em estado de risco social, está instalada em uma residência que pertence ao Município de Capinópolis e paga R$ 788,00 de aluguel.

“Existem outras entidades que estão instaladas no prédio do Município e não pagam aluguel – A Casa Lar Menino Jesus, se enquadra na mesma situação, só que é obrigada a recolher um aluguel mensal ao Município”, disse Caetano.

A emenda deve ser votada na última reunião da Câmara, que ocorrerá na segunda-feira (21) de Dezembro de 2015.

Uma indicação aprovada por unanimidade foi apresentada pelo vereador Caetano em Março de 2015 para que o município isentasse a “Casa Lar Menino Jesus” da cobrança  – Legalmente, a cobrança do aluguel por parte do executivo pode ocorrer.


Comments are closed.