UBERLÂNDIA, TRIÂNGULO MINEIRO – Um homem de 53 anos morreu após ser atropelado enquanto conduzia uma bicicleta, na noite deste domingo (27), na avenida Imbaúbas, no bairro Planalto, na zona oeste de Uberlândia. Uma mulher de 26 anos,  que dirigia um veículo de passeio, avançou a sinalização e causou o acidente. Ela não prestou socorro e foi presa por homicídio culposo.

Testemunhas relataram à Polícia Militar (PM) que o carro trafegava em alta velocidade sentido centro, próximo ao cruzamento com a rua dos Bancários. A colisão aconteceu na traseira da bicicleta, que trafegava em mesmo sentido. José Humberto Nobre Rabelo foi arremessado por cerca de três metros. Ele chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado à Unidade de Atendimento Imediato (UAI) do bairro Planalto, mas não resistiu aos ferimentos.

Com base nas informações dadas pelas testemunhas, a PM começou uma busca pela condutora. Os militares encontraram a casa dos pais da suspeita, que os levaram até a residência da jovem. Ela afirmou aos policiais que não percebeu que tinha se envolvido em um acidente. Contou que apenas tinha achado estranho um dos retrovisores do veículo ter se quebrado.

Continua após a publicidade

Ainda segundo a mulher, momentos após a colisão, um carro teria passado ao lado do seu, com dois ocupantes a filmando com o celular e tentando passar alguma mensagem. Ela afirmou que ficou assustada e acelerou o carro em direção à casa do namorado.

A mulher, que não apresentava sinais de embriaguez, prestou depoimento na Delegacia de Plantão da Polícia Civil e teve sua ação enquadrada como homicídio culposo, quando não existe a intenção de matar. Ela continua detida e foi levada ao Presídio Professor Jacy de Assis, na zona leste da cidade.


Comments are closed.