PSF Ideal chama moradores para o combate ao Aedes
PSF Ideal chama moradores para o combate ao Aedes

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Uma mobilização geral, onde cada morador no seu bairro está sendo convocado para essa verdadeira guerra contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus.

Segundo a coordenadora do PSF Ideal – Unidade Jarbas Fontoura, enfermeira Fernanda Farid, na última semana foi realizado uma sala de espera na unidade de saúde abordando a Dengue, Zika e Chikungunya, mostrando aos presentes os cuidados que devem ser tomados para prevenir que o mosquito não coloque os ovos em água parada.

As agentes de Saúde também explicaram sobre o seu serviço, que estão passando nas casas fazendo orientação e vistoria para verificar se encontram algum depósito de água. “O combate ao mosquito não vem sendo feito mais apenas pelos agentes de Endemias, pois todos os agentes dos PSFs estão juntos nessa batalha”, comentou Fernanda Farid.

Continua após a publicidade

Para a secretária municipal de Saúde, Simone Dantas o trabalho é difícil, principalmente no que depende da população em fazer a sua parte, e eles precisam entender que dentro de suas casas a responsabilidade é só deles. “Estamos unidos em prol dessa guerra contra o mosquito, e hoje até mesmo as escolas entraram no trabalho com orientação e mobilização dos alunos”, disse.

Segundo a coordenadora do PSF Ideal – Unidade Jarbas Fontoura, enfermeira Fernanda Farid, na última semana foi realizado uma sala de espera na unidade de saúde abordando a Dengue, Zika e Chikungunya, mostrando aos presentes os cuidados que devem ser tomados para prevenir que o mosquito não coloque os ovos em água parada.

As agentes de Saúde também explicaram sobre o seu serviço, que estão passando nas casas fazendo orientação e vistoria para verificar se encontram algum depósito de água. “O combate ao mosquito não vem sendo feito mais apenas pelos agentes de Endemias, pois todos os agentes dos PSFs estão juntos nessa batalha”, comentou Fernanda Farid.

Para a secretária municipal de Saúde, Simone Dantas o trabalho é difícil, principalmente no que depende da população em fazer a sua parte, e eles precisam entender que dentro de suas casas a responsabilidade é só deles. “Estamos unidos em prol dessa guerra contra o mosquito, e hoje até mesmo as escolas entraram no trabalho com orientação e mobilização dos alunos”, disse.


Comments are closed.