ipiacuIPIAÇU – A Prefeitura de Ipiaçu, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura iniciou o Projeto Educar, que vai ser realizado na Escola Municipal José Olyntho Ferreira com alunos dos 4º e 5º anos dos horários matutino e vespertino.

De acordo com a secretária de Educação, Silvana Ramalho, o projeto teve sua primeira reunião na Escola Municipal José Olyntho Ferreira com as professoras Maria Aparecida, Rejane Gabriel, Edineide Carvalho e Léia Aparecida, a supervisora Nilda Tomaz de Souza, diretora Lucia Elena de Souza Fonseca e o historiador Cláudio Scarparo Silva.

O projeto tem o apoio da Prefeitura, onde o prefeito municipal Leandro Luiz (Léo), considera de suma importância para guardar viva a história do município, bem como o apoio da secretária Municipal de Educação e Cultura Silvana Ramalho.

Continua após a publicidade

Nesta reunião foram definidas as turmas que irão participar do projeto, que foram as do 4º e 5º ano do turno matutino e vespertino.

O objetivo do projeto é despertar nas crianças e adolescentes o interesse pelo patrimônio cultural da cidade, sua preservação e proteção. O município de Ipiaçu, embora com emancipação política recente, tem uma história importante que remonta há milhares de anos atrás com a presença de grupos indígenas.

Em Ipiaçu são encontrados vários artefatos indígenas comprovando que a cidade já foi habitada por grupos indígenas. Várias peças arqueológicas estão sob a guarda do Sr. José Donizete, que se dispôs a expor as peças na escola para os trabalhos de educação patrimonial.

Para o resgate desta história, será proposto trabalhar este ano com o patrimônio arqueológico na Escola José Olyntho Ferreira.

Os trabalhos terão início com uma aula inaugural ministrada pelos próprios professores sobre patrimônio cultural e a sua importância.

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura disponibilizará material de apoio para os professores trabalharem com a temática. No final o projeto será encerrado com uma mostra cultural, onde toda a comunidade será convidada a participar.

A secretária de Educação Silvana Ramalho espera que este projeto traga bons resultados para o estímulo ao desenvolvimento educacional e cultural do município e dará todo o suporte para os professores alcançarem seus objetivos, como também é a vontade do executivo e legislativo municipal.


Comments are closed.