Conselho apura caso de professora que pendurou aluna pela janela no sul de Minas

Mulher que passava perto da escola fotografou a criança do lado de fora da janela (foto: Reprodução Youtube)
Mulher que passava perto da escola fotografou a criança do lado de fora da janela (foto: Reprodução Youtube)

Na próxima segunda-feira, as autoridades de Boa Esperança, no Sul de Minas, devem voltar a se debruçar sobre o caso de uma professora que foi flagrada pendurando uma aluna de 4 anos para fora da janela de uma sala no segundo andar da Escola Municipal Rabim Gambogi nesta semana.

Segundo familiares, o caso teria ocorrido depois que a menina jogou um objeto para fora da sala e a professora teria a colocado do lado de fora como castigo. Uma mulher que passava pela rua viu o ocorrido e tirou uma foto. O Conselho Tutelar acompanha o caso mas, por conta do feriado, só deve retomar as apurações na segunda.

 

Estudante de 18 anos morre após inalar gás de buzina em São Paulo

América muda postura, derrota Uberlândia no Independência e retorna ao G4 do Estadual