25042016-vacina

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Uma trégua no assunto ligado ao mosquito Aedes, pois a gripe H1N1 será o tema principal das discussões a partir de agora. Um dos focos da campanha é a vacinação, contudo, a higiene pessoal será, sem dúvida, o artifício mais trabalhado com adultos e crianças, especialmente dentro das escolas.

Em Capinópolis já há uma importante parceria promovida pela Prefeitura, por intermédio das Secretarias Municipais de Saúde e de Educação e Cultura, que tem trabalhado juntos na forma de orientar alunos e professores no combate e prevenção a doenças.

Continua após a publicidade

Em nota divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde, a Gripe é uma doença infecciosa causada pelo vírus Influenza e acomete as vias respiratórias. Entre os sintomas, é comum o aparecimento de espirro, coriza, tosse, febre alta, dor de cabeça e prostração. A transmissão da gripe ocorre, geralmente, por secreção e pela inalação de partículas de saliva infectada em suspensão no ar. Por isso, para se prevenir contra a gripe, é muito importante mudar alguns hábitos como, por exemplo, lavar a mão com mais frequência e levar o antebraço à boca ao espirrar ou tossir.

Mais frequente no período do outono e inverno, a Gripe possui um vírus com alta capacidade de mutação. Em função disso, alguns grupos prioritários (tais como gestantes, idosos, crianças até cinco anos, pessoas com doenças crônicas, profissionais de saúde, entre outros) devem ser vacinados para evitar complicações graves da doença ou, até mesmo, a morte. Caso os sintomas da gripe persistirem, procure uma Unidade Básica de Saúde ligada ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Em Minas Gerais, a Campanha de Vacinação contra a Gripe será realizada pelo SUS entre os dias 30 de abril e 20 de maio, nas mais de 3.854 salas de vacinação do estado. Ao todo, serão disponibilizadas para Minas Gerais o total de 5.278.400 doses da vacina contra gripe. O grupo prioritário é composto por 4.933.081 pessoas, entre idosos (acima de 60 anos), gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (em puerpério), crianças entre seis meses e menos de 5 anos de idade, profissionais de saúde, indígenas, além dos doentes crônicos, como pessoas com diabetes, asma, bronquite e hipertensão, dentre outros grupos.

Tipos de Gripe

A Influenza ocorre durante todo o ano, mas é mais frequente no outono e no inverno, quando as temperaturas caem, principalmente no Sul e Sudeste do País. Algumas pessoas, como idosos, crianças, gestantes e pessoas com alguma comorbidade, possuem um risco maior de desenvolver complicações. Muita gente não sabe, mas a gripe pode ser causada pelos vírus Influenza A, B e C. Os vírus A e B apresentam maior importância clínica. Estima-se que, em média, as cepas A causem 75% das infecções, mas em algumas temporadas, ocorre predomínio das cepas B.

Os tipos A e B sofrem frequentes mutações e são responsáveis pelas epidemias sazonais, também por doenças respiratórias com duração de quatro a seis semanas e que, frequentemente, são associadas com o aumento das taxas de hospitalização e morte por pneumonia. Já o tipo C causa problemas respiratórios leves e infecta humanos, cachorros e porcos.


Comments are closed.