CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – A campanha de vacinação contra a gripe em Capinópolis chegou nesta quarta-feira, 4/5, ao índice de 46%, um bom avanço para se chegar aos 80% de vacinação do público alvo definido pelo Ministério da Saúde.

Apesar de comemorar os números alcançados, a coordenadora de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Maria Nazaré Costa está preocupada, pois o lote de vacinas enviado pelo Governo acabou na quarta-feira, interrompendo a vacinação nos dias seguintes.

Continua após a publicidade

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 997 idosos já foram vacinados, num total de 1.500 pessoas vacinadas até aqui.

Apesar da falta de planejamento na campanha por parte do Governo Federal, o Ministério da Saúde, através de notícia divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde informa que não há falta de vacina para proteção do público prioritário na Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe deste ano. No primeiro dia da campanha, que começou no último sábado (30/04), os Estados brasileiros já haviam recebido 71% do total das doses que vão ser utilizadas no decorrer de toda a campanha, que vai até o dia 20 de maio.

Foram adquiridas cerca de 54 milhões de doses da vacina para imunizar as 49,8 milhões de pessoas que fazem parte do público-alvo da campanha. O excedente, que neste ano é de mais de 4 milhões de doses, é chamado de reserva técnica e faz parte da estratégia de vacinação. Clique aqui para acompanhar o balanço parcial da vacinação de Influenza.

Até o último dia 29/04, o Ministério da Saúde disponibilizou às secretarias estaduais de saúde mais de 38 milhões de doses da vacina, o que corresponde a 71% do total de doses adquiridas para este ano. Desde o dia 1º de abril, o Ministério da Saúde iniciou o envio da vacina aos Estados, o que possibilitou a antecipação da campanha em diversos municípios. Com isso, muitos municípios já atingiram altas coberturas vacinais. De acordo com Ministério da Saúde, Minas Gerais imunizou um público de 4.932.010, dentro dos 3.396.930 de doses enviadas, o que corresponde a 64%, em um universo de 5.278.400 doses de vacina contra a gripe distribuída nas Unidades de Saúde do Estado.

O público prioritário da Campanha de Vacinação Contra a Gripe é composto pelos segmentos da população considerados de risco para complicações por gripe: pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional. As pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, que inclui pessoas com deficiências específicas, também devem se vacinar.


Comments are closed.