19052016-psf-acacias2

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – A equipe do PSF Recanto das Acácias – Unidade Osvaldo Prado recebeu na manhã desta quarta-feira, 18, o grupo de Hiperdia (Hipertensos e Diabéticos), que acompanharam palestras proferidas pelos profissionais da Unidade, juntamente com Residentes da UFU.

Segundo a coordenadora da Unidade, enfermeira Vanessa Guimarães, um dos temas abordados foi quanto à Gripe Influenza, assunto de suma importância, devido a alta prevalência de doenças respiratórias no outono e inverno.

Continua após a publicidade

Na reunião também foi tratado do Dia de Luta Antimanicomial, lembrado neste dia 18.

19052016-psf-acacias1

O Movimento da Luta Antimanicomial nasceu no Encontro Nacional de Trabalhadores da Saúde Mental, em 1987, em Baurú, com o lema “por uma sociedade sem manicômios”. Denunciava-se abusos e violação de direitos humanos sofridos pelos usuários da saúde mental dentro dos manicômios. Lutava-se pelo fim desse tipo de tratamento e pela instalação de serviços alternativos.

Uma das conquistas desse movimento foi a Lei 10.216/2001, que determina o fechamento progressivo dos hospitais psiquiátricos e a instalação de serviços substitutivos. Desde então, o Brasil tem fechado leitos psiquiátricos e aberto serviços substitutivos: os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial), as Residências Terapêuticas, Programas de Redução de Danos, Centros de Convivências, as Oficinas de Geração de Renda, etc.

O Movimento Nacional de Luta Antimanicomial caracteriza-se pelo seu caráter democrático, contando com a participação ativa e efetiva dos usuários de serviços de saúde mental, seus familiares, profissionais, estudantes e quaisquer interessados em defender uma postura de respeito aos diferentes modos de ser e a transformação da relação cultural da sociedade com as pessoas que sofrem por transtornos mentais.


Comments are closed.