CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – A empresa Cambuí açúcar e Álcool Ltda., demonstrou  interesse na compra da Usina Vale do Paranaíba, do grupo João Lyra – A usina faz parte dos ativos do grupo, que passa por um processo de falência desde 2013.

Em 2013, a dívida total do grupo chegou R$ 2,1 bilhões. Como já publicado pelo Tudo em Dia, o empresário João Lyra ofereceu créditos da Ação 4870 que podem cobrir tributos federais e reduzir a dívida em até R$ 700 milhões. Existe no momento a proposta de compra da Usina Guaxuma, em Coruripe, Alagoas, um negócio de R$ 850 milhões. Essas duas propostas poderiam reduzir a dívida a menos de R$ 700 milhões.

Continua após a publicidade

A venda da Usina Vale do Paranaíba, instalada em Capinópolis, Minas Gerais, para a Cambuí, minimizaria ainda mais a dívida do grupo – A usina está avaliada em R$ 211 mi.

A Cambuí reiterou o interesse na compra da unidade Vale do Paranaíba e o valor da negociação, caso seja concluída, seria suficiente para sanar as dívidas trabalhistas do grupo que alcançam o montante de R$ 180 mi.

Instalada em Goiás, a Usina Cambuí aparenta ser uma empresa sólida no setor, com capacidade de moagem de 2 milhões de toneladas de cana.

O juiz responsável pelo processo, Kleber Borba Rocha, da Comarca de Coruripe,  já decidiu pela venda que, a princípio, será feita na modalidade ordinária, mas admite fazer a venda extraordinária, se houver requerimento do Comitê de Credores ou da Administração Judicial.

Não há prazo para o negócio, mas a julgar pela condução que vem sendo dada pelo magistrado, deve sair uma decisão final nos próximos 30 dias.


Comments are closed.