03062016-uaitec-inclusao-social

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – A Universidade Aberta Integrada de Minas Gerais (Uaitec), pólo Capinópolis, efetua a promoção do ensino com inclusão social de pessoas portadores de necessidades especiais.

Os alunos Wiliam, 32 anos e Ivonaldo, 23 anos, ambos com deficiência auditiva, são um grande exemplo de força de vontade e determinação – Os dois iniciaram um curso de informática básica com carga horária de 40 horas.

Continua após a publicidade

A instrutora Arlete Queila é especialista na linguagem de libras e acompanha o desempenho  dos alunos.

Segundo a coordenadora da Uaitec em Capinópolis, Gislaine Almeida, a inclusão social é uma ferramenta que garante qualidade de vida aos alunos – “Ações que combatem a exclusões provocadas pela classe social reconhecendo a importância de tratar a todos os alunos com equidade, um incentivo a buscarem uma formação profissional adequada, melhorando assim sua qualidade de vida”, disse a coordenadora.

Willian e Ivonaldo fazem parte do processo de inclusão social e digital promovido pela unidade da Uaitec Capinópolis e estarão aptos ao mercado de trabalho dentro de pouco tempo.


Comments are closed.